Professora da UEM/Cianorte lança livro sobre sustentabilidade

silvia-livro01

O campus de Cianorte da Universidade Estadual de Maringá (UEM) tem mais um destaque. Foi lançado na semana passada o livro “Indicadores de sustentabilidade e a indústria do vestuário”, da professora do Departamento de Design e Moda, Silvia Mara Bortoloto Damasceno Barcelos.

Esse é o primeiro livro de Silvia Bortoloto que já havia tido textos seus em capítulos de dois livros anteriormente. “O livro poderá ser utilizado pelos alunos como fonte de pesquisa sobre normas e códigos, relações ambientais e impacto na economia”, comentou a autora, citando diretrizes baseadas na Global Reporting Initiative (GRI), com indicadores que ajudam as organizações em processos de sustentabilidade.

O embasamento prático para a obra veio de uma pesquisa em dez indústrias de Maringá e Cianorte, dentro do Arranjo Produtivo Local (APL) Maringá-Cianorte. “As empresas ainda investem pouco. Poderiam olhar mais para isso”, comentou a autora sobre o interesse das companhias na questão ambiental e seu impacto na sociedade. “As empresas maiores investem mais porque tem mais tecnologia e mais pessoas trabalhando”.

MESTRADO – O livro tem origem na dissertação de mestrado que a professora fez em 2012, na UTFPR, em Ponta Grossa. O coautor do livro é Antônio Carlos de Francisco, que é professor de Ponta Grossa e foi orientador de Silvia Bortoloto no trabalho acadêmico. Ela se formou em Moda, na Unicesumar, de Maringá, em 2004.

“Indicadores de sustentabilidade e a indústria do vestuário” tem 88 páginas e foi lançado pela editora Appris. Ele terá um lançamento oficial esse mês a ser anunciado em breve para Maringá e Cianorte. A tiragem inicial foi de mil exemplares e o exemplar deve custar aproximadamente R$ 46.

 Texto e foto: Andye Iore/FOLHA

Compartilhe:

Professora da UEM/Cianorte lança livro sobre sustentabilidade

silvia-livro01

O campus de Cianorte da Universidade Estadual de Maringá (UEM) tem mais um destaque. Foi lançado na semana passada o livro “Indicadores de sustentabilidade e a indústria do vestuário”, da professora do Departamento de Design e Moda, Silvia Mara Bortoloto Damasceno Barcelos.

Esse é o primeiro livro de Silvia Bortoloto que já havia tido textos seus em capítulos de dois livros anteriormente. “O livro poderá ser utilizado pelos alunos como fonte de pesquisa sobre normas e códigos, relações ambientais e impacto na economia”, comentou a autora, citando diretrizes baseadas na Global Reporting Initiative (GRI), com indicadores que ajudam as organizações em processos de sustentabilidade.

O embasamento prático para a obra veio de uma pesquisa em dez indústrias de Maringá e Cianorte, dentro do Arranjo Produtivo Local (APL) Maringá-Cianorte. “As empresas ainda investem pouco. Poderiam olhar mais para isso”, comentou a autora sobre o interesse das companhias na questão ambiental e seu impacto na sociedade. “As empresas maiores investem mais porque tem mais tecnologia e mais pessoas trabalhando”.

MESTRADO – O livro tem origem na dissertação de mestrado que a professora fez em 2012, na UTFPR, em Ponta Grossa. O coautor do livro é Antônio Carlos de Francisco, que é professor de Ponta Grossa e foi orientador de Silvia Bortoloto no trabalho acadêmico. Ela se formou em Moda, na Unicesumar, de Maringá, em 2004.

“Indicadores de sustentabilidade e a indústria do vestuário” tem 88 páginas e foi lançado pela editora Appris. Ele terá um lançamento oficial esse mês a ser anunciado em breve para Maringá e Cianorte. A tiragem inicial foi de mil exemplares e o exemplar deve custar aproximadamente R$ 46.

 Texto e foto: Andye Iore/FOLHA

Compartilhe: