PRF apreende carreta lotada com mais de R$ 1 milhão em vídeo game

video game

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na madrugada do último sábado (29) uma carreta bitrem (combinação de um caminhão-trator e dois semirreboques) carregada com cerca de mil produtos eletrônicos sem nota fiscal.

A carreta estava estacionada em um posto de combustíveis às margens da BR 277, em Foz do Iguaçu, região oeste do Paraná. A maior parte da carga é composta por vídeo games (modelo Playstation 4). O valor estimado supera a marca de R$ 1 milhão.

A combinação de veículos foi avistada pela equipe da PRF que fazia rondas pela região. As mercadorias são provenientes do Paraguai e não têm o devido desembaraço aduaneiro, o que caracteriza o crime de descaminho.

Com placas de Frederico Westphalen (RS), os veículos estavam abandonados, com as chaves na ignição e com a lona de um dos semirreboques aberta, o que chamou a atenção dos policiais rodoviários federais, que decidiram verificar a situação. Não havia no local ninguém responsável pelos veículos. A carreta bitrem e as mercadorias foram encaminhadas pela PRF para a Delegacia da Receita Federal em Foz do Iguaçu.

Texto e foto: PRF-PR

Compartilhe:

PRF apreende carreta lotada com mais de R$ 1 milhão em vídeo game

video game

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na madrugada do último sábado (29) uma carreta bitrem (combinação de um caminhão-trator e dois semirreboques) carregada com cerca de mil produtos eletrônicos sem nota fiscal.

A carreta estava estacionada em um posto de combustíveis às margens da BR 277, em Foz do Iguaçu, região oeste do Paraná. A maior parte da carga é composta por vídeo games (modelo Playstation 4). O valor estimado supera a marca de R$ 1 milhão.

A combinação de veículos foi avistada pela equipe da PRF que fazia rondas pela região. As mercadorias são provenientes do Paraguai e não têm o devido desembaraço aduaneiro, o que caracteriza o crime de descaminho.

Com placas de Frederico Westphalen (RS), os veículos estavam abandonados, com as chaves na ignição e com a lona de um dos semirreboques aberta, o que chamou a atenção dos policiais rodoviários federais, que decidiram verificar a situação. Não havia no local ninguém responsável pelos veículos. A carreta bitrem e as mercadorias foram encaminhadas pela PRF para a Delegacia da Receita Federal em Foz do Iguaçu.

Texto e foto: PRF-PR

Compartilhe: