Prefeitura investe R$ 15,5 milhões na Saúde

saude-verbaEm Cianorte, durante os meses de janeiro, fevereiro, março e abril, a população contou com mais de 85 mil consultas médicas, tanto na área de Atenção Básica quanto em Especialidades, além de 127 mil procedimentos ambulatoriais nas unidades de saúde e mais de 123 mil análises laboratoriais, exames e cirurgias.

Estes serviços, assim como seus custos, foram apresentados em audiência pública, na última quinta-feira (28), pela Divisão Financeira da Secretaria Municipal de Saúde, que prestou contas do 1º Quadrimestre de 2015, nas dependências da Câmara de Vereadores.

A explanação do relatório, que cumpre o disposto pela Lei Complementar Nº 141 (instrumento definidor de normas de transparência, visibilidade, fiscalização, avaliação e controle), por meio dos demonstrativos de montante e fontes de recurso, apontou que 20,82% das receitas municipais foram destinadas à saúde, o que representa o investimento de mais de R$ 15,5 milhões na área. “Além dos serviços públicos realizados na rede assistencial própria, constituída por um Pronto Atendimento de Urgência e Emergência, 13 Unidades Básicas de Saúde, CAPS e CAPS I, Casa da Dengue, SAMU, Central de Distribuição, Farmácia Central, sede administrativa e frota, a Prefeitura também tem despesas com as redes contratada e conveniada, como os hospitais, clínicas particulares e o CISCENOP”, informou Rodrigo Leonardi Pinto, chefe da Divisão Financeira.

Ao final da apresentação, foi realizada a entrega oficial do relatório ao presidente da Câmara Municipal, vereador Dadá, que foi acompanhada pelo secretário de Saúde, Rogério Sossai; a diretora, Ana Paula Ribeiro Águila; a chefe da Divisão de Administração, Melissa Meneghetti Bacon; a representante do Conselho Municipal de Saúde, Vera Lúcia Vieira; pelo chefe do Controle Interno, Eduardo Fernandes; e pelo agente técnico legislativo, Oscar Salmazo Mazzarão.

Além da estrutura da Secretaria Municipal de Saúde já citada, Cianorte também conta com a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24 horas (na Praça Olímpica) e de três Unidades Básicas de Saúde, sendo uma Rua Curitiba (ao lado do SAMU), outra no Residencial Ilha do Mel (entre o Atlântico e o Parque das Nações) e a terceira na região central (nos fundos do Pronto Atendimento – PA).

Texto e foto: Assessoria Prefeitura de Cianorte

Compartilhe:

Prefeitura investe R$ 15,5 milhões na Saúde

saude-verbaEm Cianorte, durante os meses de janeiro, fevereiro, março e abril, a população contou com mais de 85 mil consultas médicas, tanto na área de Atenção Básica quanto em Especialidades, além de 127 mil procedimentos ambulatoriais nas unidades de saúde e mais de 123 mil análises laboratoriais, exames e cirurgias.

Estes serviços, assim como seus custos, foram apresentados em audiência pública, na última quinta-feira (28), pela Divisão Financeira da Secretaria Municipal de Saúde, que prestou contas do 1º Quadrimestre de 2015, nas dependências da Câmara de Vereadores.

A explanação do relatório, que cumpre o disposto pela Lei Complementar Nº 141 (instrumento definidor de normas de transparência, visibilidade, fiscalização, avaliação e controle), por meio dos demonstrativos de montante e fontes de recurso, apontou que 20,82% das receitas municipais foram destinadas à saúde, o que representa o investimento de mais de R$ 15,5 milhões na área. “Além dos serviços públicos realizados na rede assistencial própria, constituída por um Pronto Atendimento de Urgência e Emergência, 13 Unidades Básicas de Saúde, CAPS e CAPS I, Casa da Dengue, SAMU, Central de Distribuição, Farmácia Central, sede administrativa e frota, a Prefeitura também tem despesas com as redes contratada e conveniada, como os hospitais, clínicas particulares e o CISCENOP”, informou Rodrigo Leonardi Pinto, chefe da Divisão Financeira.

Ao final da apresentação, foi realizada a entrega oficial do relatório ao presidente da Câmara Municipal, vereador Dadá, que foi acompanhada pelo secretário de Saúde, Rogério Sossai; a diretora, Ana Paula Ribeiro Águila; a chefe da Divisão de Administração, Melissa Meneghetti Bacon; a representante do Conselho Municipal de Saúde, Vera Lúcia Vieira; pelo chefe do Controle Interno, Eduardo Fernandes; e pelo agente técnico legislativo, Oscar Salmazo Mazzarão.

Além da estrutura da Secretaria Municipal de Saúde já citada, Cianorte também conta com a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24 horas (na Praça Olímpica) e de três Unidades Básicas de Saúde, sendo uma Rua Curitiba (ao lado do SAMU), outra no Residencial Ilha do Mel (entre o Atlântico e o Parque das Nações) e a terceira na região central (nos fundos do Pronto Atendimento – PA).

Texto e foto: Assessoria Prefeitura de Cianorte

Compartilhe: