Prefeitura inaugura acervo histórico na Biblioteca Pública Municipal

Instalada há oito meses no prédio que foi a primeira sede da Prefeitura de Cianorte e a sede do Ministério Público local, na Avenida Brasil, nº 605, a Biblioteca Pública Municipal passou a contar com mais um importante recurso de informações: o acervo histórico. Com 110 peças que fizeram parte da trajetória da cidade, como móveis, utensílios domésticos e de trabalho, o espaço foi inaugurado na tarde dessa quinta-feira (30 de julho), em uma solenidade restrita, que também homenageou a família do pioneiro que presta nome ao empreendimento, Dr. Paulo de Moraes Barros Neto.

“É muito satisfatório ver este projeto se tornando realidade, ainda mais na semana em que nosso município recém-celebrou seus 67 anos de fundação. São itens de valor inestimável para o patrimônio municipal e para a memória afetiva dos cianortenses”, afirmou Zilda de Assis, secretária municipal de Educação e Cultura, órgão responsável pela Biblioteca Pública. “Assim, agradecemos a doação de nosso cidadão, Fábio Gumiero que, como um historiador apaixonado, ao longo de vários anos, reuniu as peças, catalogou e, agora, cedeu ao município. Também somos gratos ao trabalho de cada um que colaborou para a concretização deste espaço”, destacou a chefe da Divisão de Cultura, Silvana Camargo.

Além do novo acervo e do conjunto bibliográfico, composto por mais de 10 mil obras escritas, o edifício também possui o Núcleo de Tecnologia Municipal (NTM), que disponibiliza computadores com acesso à internet; a galeria dos prefeitos; salas para leitura; espaço adaptado ao público infantil, entre outros. “É motivo de orgulho para nossa cidade ter um local que reúne tanta riqueza em conhecimento e que guarda a história. Neste sentido, a denominação é perfeita, fazendo jus ao Dr. Paulo, que aqui chegou aos 31 anos, desbravando estas terras como gerente do escritório da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná e que aqui trilhou um caminho inspirador até falecer, em 2018, aos 95 anos”, enfatizou o prefeito Bongiorno, acompanhado pela primeira-dama e presidente de honra do Provopar, Fátima Bongiorno.

Representando a família do homenageado, seu neto, Paulo de Moraes Barros Filho, prestou agradecimentos. “Em primeiro lugar, agradeço a todos. O meu avô sempre se dedicou e gostava muito da cidade. É uma justa homenagem, a fim de valorizar a sua trajetória de cidade”, disse emocionado o neto do homenageado, Paulo de Moraes Barros Filho, que representou a família na solenidade.

O presidente da Câmara Municipal de Cianorte, Silvio Fernandes, o Silvio do Pátio (Podemos) destacou, a importância da família Barros para a cidade e agradeceu aos dez vereadores pela aprovação da Lei 5.115/2020. “Parabenizo todos os vereadores por aprovarem, de forma unânime, o projeto para homenageia o Dr. Paulo. Essa é importante conquista para homenagear a família Barros, a qual ajudou a fundar a cidade que tanto amamos, que ganha de presente um local com um rico acervo”, salienta acompanhado dos vereadores Marcia Pereira, Santina Buzo e Victor Hugo Davanço também presentes.

Ainda fizeram votos de sucesso ao empreendimento o vice-prefeito, Beto Nabhan que, na ocasião, representou o deputado estadual Jonas Guimarães. A solenidade também contou com as bênçãos do padre Sérgio Carris e do pastor Johny Sandro Ferreira; bem como com a presença dos vereadores Márcia Pereira, Victor Hugo Davanço e Santina Buzo; e do chefe do Núcleo Regional de Educação, Emerson Matos.

VISITAS

Para conhecer o acervo histórico do município é preciso agendar a visita por meio do telefone (44) 3619-6360. O funcionamento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30. “É uma experiência voltada para todas as idades, configurando relações entre o passado e o presente. Quem vivenciou o período poderá relembrá-lo e para as crianças, em especial, é a oportunidade de ter contato com itens que provavelmente nunca viram”, salientou a chefe da Divisão de Cultura.

DR. PAULO DE MORAES BARROS NETO

Paulo nasceu em 31 de agosto de 1922, em Piracicaba, São Paulo. Desde a fundação de Cianorte, em 26 de julho de 1953, o engenheiro agrônomo estava presente na cidade, inclusive, no churrasco de inauguração da cidade. Foi gerente e diretor da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, no escritório regional de Cianorte. Em 2003, Dr. Paulo recebeu o título de Cidadão Benemérito de Cianorte. Faleceu em 29 de janeiro de 2018, aos 95 anos.

Fonte: Redação Folha Regional de Cianorte com informações das Assessorias de Comunicação Social da Prefeitura e da Câmara de Cianorte

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse