Prazo de acompanhamento de saúde termina na sexta-feira

bolsaAs famílias beneficiárias do programa Bolsa Família com crianças até 7 anos de idade ou gestantes, que não foram atendidas em Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou em casa pela equipe da Saúde da Família, neste primeiro semestre, devem procurar as unidades de saúde do município até amanhã (11).

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), das 14,1 milhões de famílias que participam do programa, 11,5 milhões têm o perfil de acompanhamento da condicionalidade de saúde.

Na região da Amenorte, segundo as informações do MDS, mais de 3 mil famílias são beneficiadas pelo Bolsa Família, sendo 1.262 em Cianorte; 272 em Cidade Gaúcha; 81 em Guaporema; 100 em Indianópolis; 249 em Japurá; 310 em Jussara; 195 em Rondon; 42 em São Manoel do Paraná; 143 em São Tomé; 332 em Tapejara; 313 em Terra Boa e 369 em Tuneiras do Oeste. “Realizado duas vezes ao ano, o acompanhamento de saúde é obrigatório e aqueles que não o realizarem terão a transferência de renda automaticamente bloqueada e posteriormente cancelada caso não seja feita a atualização”, alerta o secretário de Saúde de Cianorte, Rogério Sossai.

Nesse processo são verificados o calendário de vacinação das crianças, o peso e a altura para a avaliação nutricional e o acompanhamento do pré-natal das gestantes. As famílias devem levar o cartão do Bolsa Família ou o cartão de saúde.

De acordo com a assessora do Departamento de Condicionalidades do MDS, Juliana Agatte, a condicionalidade responsabiliza o poder público a ofertar o serviço de saúde para as famílias, em especial aquelas em situação de pobreza e em vulnerabilidade e risco social.

A gestão do acompanhamento das condicionalidades na área da saúde é de responsabilidade do Ministério da Saúde e realizada pelas equipes de saúde dos municípios e dos estados, com o apoio do MDS. O resultado do acompanhamento é registrado no Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde uma vez por semestre.

As condicionalidades — de saúde e educação — são os compromissos assumidos tanto pelas famílias beneficiárias do Bolsa Família quanto pelo poder público para ampliar o acesso dessas famílias a seus direitos sociais básicos.

Texto: Juliano Secolo / Foto ilustrativa

Compartilhe: