PR está entre os que mais criaram emprego em abril

TrabalhoO Paraná criou 12.378 empregos com carteira assinada em abril deste ano, posicionando-se como o melhor desempenho da região Sul e o terceiro do Brasil, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, divulgados ontem (21). A maior parte das novas vagas foi para o Interior, com 9.601 empregos. A Região Metropolitana de Curitiba registrou acréscimo de 2.777 empregos formais em relação ao mês anterior, um aumento de 0,25%.

O número de novas vagas criadas em abril representa crescimento de 0,45% em relação ao estoque de trabalhadores com carteira assinada do mês anterior.  Nos quatro primeiros meses deste ano, houve acréscimo de 57.891 postos de trabalho, um aumento de 2,13%. Nos últimos 12 meses, foram criadas 76.956 vagas – crescimento de 2,86% no nível de emprego.

No Brasil, o Paraná ficou atrás apenas de São Paulo (44.374 vagas) e de Minas Gerais (15.133 postos de trabalho). O Rio Grande do Sul criou 8.589 novos empregos e Santa Catarina registrou 6.756 oportunidades de emprego.

LIDERES – Para o secretário estadual do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Amin Hannouche, os dados mostram que o Paraná mantém o desempenho dos últimos anos, quando ficou entre os Estados que mais criaram empregos no país. “O Paraná deve se manter em 2014 entre os líderes na geração de empregos. O bom desempenho paranaense se deve, entre outros fatores, à atração de novos investimentos, à segurança jurídica e ao bom ambiente de negócios criado no governo Beto Richa, aliado às políticas de qualificação profissional e ao maior salário mínimo regional do país”, analisa o secretário.

SETORES – Os setores que mais geraram empregos no Paraná em abril foram Serviços (4.861 postos), Comércio (3.257 postos), Indústria de Transformação (2.242 postos) e Agropecuária (1.363 postos). Os municípios que mais criaram postos de trabalho foram Curitiba, com a geração de 2.329 vagas, Cascavel (762 novos postos de trabalho), Maringá (465), Telêmaco Borba (433), Londrina (385) e Umuarama (360 novas vagas).

Tecto e foto: AE-PR

Compartilhe: