Postos são investigados por aumento no preço do combustível

postos-procon2

O Procon-PR notificou ontem (1) postos de combustíveis em Curitiba em razão da constatação do aumento no preço da gasolina e do etanol ocorrido na última semana.

A notificação foi entregue nas mãos dos gerentes ou proprietários dos próprios postos. Com isso os estabelecimentos notificados têm um prazo de 10 dias a partir desta sexta-feira (2) para prestar alguma defesa a respeito do caso.

Para o secretário de Estado da Justiça, Artagão Júnior, o Procon cumpre com seu papel promovendo uma ação ofensiva devido ao aumento sem justificativas. “A Secretaria da Justiça reage fazendo com que os postos expliquem este reajuste abusivo do combustível. Com isso temos a obrigação de resguardar e garantir que o direito do consumidor seja preservado”, afirmou.

De acordo com diretora do Procon-Pr, Claúdia Silvano, houve um aumento aparentemente injustificado nos postos. “A atitude foi tomada em razão da constatação de que os postos elevaram o preço do combustível de maneira inesperada e aparentemente sem justificativa, às vésperas de um feriado nacional, pegando os consumidores de surpresa”.

Caso seja caracterizada a prática abusiva por parte dos fornecedores, serão aplicadas multas que podem variar de R$ 600 a R$ 8 milhões.

O consumidor que tiver dúvidas pode entrar em contato com o Procon/PR pelo número 0800 41 1512.

Texto e foto: AE-PR

Compartilhe: