Ponte no Rio Ivaí beneficia mais de 120 mil moradores

ponte02

A construção da ponte sobre o Rio Ivaí, na divisa de Floresta e Engenheiro Beltrão, vai beneficiar cerca de 128 mil moradores desses municípios e também de Peabiru e Campo Mourão. As obras começaram em julho. Com investimento de R$ 30 milhões, a ponte terá 300 metros de comprimento, 130 deles de vão livre sobre a água.

A obra e realizada pela concessionária Viapar e faz parte da duplicação da BR-317, entre Floresta e Campo Mourão. Todos os projetos foram analisados e aprovados pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), que autorizou o início das obras.

“Estas obras de duplicação da PR-317 e da ponte sobre o Rio Ivaí vão deixar o trajeto mais rápido e seguro entre Floresta e Campo Mourão, além de ajudar no escoamento da produção agrícola. Fico feliz em ver uma obra deste porte, a construção de uma ponte com estas dimensões, pois envolve muita engenharia. Certamente, vai ajudar muito no desenvolvimento econômico desta região”, afirmou o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

A travessia terá quatro apoios – dois em terra, as cabeceiras, e dois apoios dentro da água. Serão oito estacas em terra e 12 do rio para sustentação.

A tecnologia usada na construção é a de balanços sucessivos, usada no Brasil desde 1930. A obra é feita a partir dos pilares da ponte e avança em módulos. Um guindaste com capacidade para 125 toneladas é utilizado na obra. Ele ficará em cima de uma balsa para a construção das estacas dentro da água.

Duas estacas na parte da terra já foram concluídas e outras duas estão em fase final de execução. Cada estaca terá em média 13 metros e as que ficarão dentro do rio terão 15 metros de altura. O Rio Ivaí tem 9 metros de profundidade no local onde a travessia está em execução. A previsão é que a parte de fundação seja concluída até dezembro.

A estimativa é que sejam usados 5 mil metros cúbicos de concreto e 3 mil toneladas de aço na construção da ponte. Em paralelo à obra da ponte será construída da variante do rio, uma nova rodovia que terá extensão de 10 quilômetros, com um investimento de R$ 28 milhões.

Texto e foto: AE-PR

Compartilhe: