Policial lutadora escapa de assalto e rende ladrão

policial-luta1

A soldado Daniela Arouca (foto), de 35 anos, e 11 anos na Polícia Militar, sofreu uma tentativa de assalto na noite de sábado (4) em Maringá (a aproximadamente 70km de Cianorte). A policial tinha acabado de sair da igreja quando foi abordada por dois homens na avenida Guaiapó.

Um dos suspeitos mencionou estar armado mas não mostrou nenhuma arma. A policial pegou a pistola .40 e deu voz de prisão para os meliantes. Um dos rapazes saiu correndo, mas o outro foi puxado pela soldado. O ladrão tentou segurar a arma de fogo da policial quando a soldado Danny Arouca efetuou um disparo que acertou o para-brisa do seu carro.

A policial que é bi-campeã brasileira, bi-campeã sulamericana, campeã europeia e campeã mundial de jiu-jitsu, conseguiu dominar o rapaz de forma que o mesmo desmaiou. A policial pediu reforço de uma viatura para conduzir o elemento para a delegacia da Polícia Civil de Maringá.

Felipe César Macário Scarsi, de 18 anos, que é morador do Jardim São Francisco, disse em entrevista para o repórter André Almenara que não esperava em roubar uma policial, muito menos uma lutadora de jiu-jitsu. O preso disse estar arrependido e finalizou dizendo que ficou com medo de morrer.

Texto e foto: André Almenara

Compartilhe: