Polícia prende assassino escondido na zona rural

IMG_7764A Polícia Militar de Cianorte prendeu na manhã de hoje (15) Marcelo Gimenez Natel acusado de ter assassinado a própria mãe e um farmacêutico na última quarta-feira (12). O homem estava escondido num barracão de uma propriedade na zona rural, no fundo do Parque das Nações, onde a família reside. Ele estava com uma faca e se entregou tranquilamente, sem resistir. Informações preliminares indicam que tentaria se matar com a faca. Ele está sendo encaminhado par a sede da PM e em seguida será entregue na delegacia de Polícia Civil. Cianorte registra cinco homicídios em 2017.

Natel teria ido à farmácia comprar remédio controlado sem receita médica. O farmacêutico se recusou a vender como determina a lei e o cliente teria surtado, voltou para casa, pegou uma espingarda e teria dito que mataria o atendente. A mãe viu o filho saindo armado, tentou impedir e foi baleada na nuca. O homem foi até o estabelecimento e matou o farmacêutico com um tiro na cabeça.

Em seguida ele fugiu numa motocicleta e passou quase três dias escondido na mata. A moto e a espingarda foram localizadas ontem pela polícia. E o assassino preso hoje após um grande cerco na região.

DADOS – Com os dois assassinatos cometidos por Marcelo Gimenez Natel são cinco homicídios esse ano em Cianorte. No ano passado foram registrados 13 assassinatos em Cianorte. Em 2015 foram sete mortes e em 2014 foram nove assassinatos. Confira os assassinatos de 2017 em Cianorte:

– 21 de janeiro – um homem de 24 anos foi morto com dois tiros, na praça da rodoviária;
– 10 abril – um homem 22 anos foi morto com quatro tiros, na  avenida Maranhão;
– 30 de abril, um jovem de 18 anos foi morto com cerca de dez tiros, na rua Nazaré;
– 12 de julho , farmacêutico de 29 anos foi morto com um tiro na cabeça por cliente após se recusar a vender remédio sem receita. Dois dias depois a mãe do assassino morre no hospital.

Texto: Andye Iore / dados da Folha de Cianorte
Foto: 5ª CIPM

Compartilhe: