Polícia Civil investiga crimes em aberto em Cianorte

nilson rodrigues07A Polícia Civil de Cianorte teve um final de semana agitado com o registro de duas tentativas de homicídio, um homem estrangeiro encontrado morto e outras ocorrências na cidade e região. Ainda há procedimentos sobre casos que são investigados pelas equipes da 21ª SubDivisão de Polícia Civil.

Um dos crimes está para ser solucionado. Uma adolescente de 13 e um rapaz de 19 anos foram baleados após saírem de uma casa noturna na rodovia PR-323, na madrugada do último sábado (28). “Já identificamos a autoria desse crime e estamos perto de prender o suspeito”, comentou o delegado da Polícia Civil, Nilson Rodrigues (foto). O autor dos disparos já teria passagem pela polícia de Cianorte por roubo e tráfico. Outro aspecto desse crime que também será apurado é o fato de uma menina de 13 anos estar em uma casa noturna de madrugada. O delegado disse já ter recebido informações que o estabelecimento havia sido vistoriado por isso e está aguardando mais detalhes.

O autor dos disparos fugiu numa motocicleta Honda CG 125 vermelha e os dois feridos foram encaminhados ao Hospital Santa Casa, em Cianorte. O rapaz que levou três tiros já recebeu alta da UTI e está na enfermaria. Já a menina que levou um tiro na cabeça está em estado grave na UTI, em coma, respirando com a ajuda de aparelhos, segundo o médico intensivista Inácio Emanuel Casella.

VIAGRA – Sobre o homem de 30 anos, natural de Bangladesh, que foi encontrado morto na tarde de ontem (29), num terreno na Vila 7, é provável que tenha sido causa natural. Segundo a polícia não havia indícios de violência onde o estrangeiro foi encontrado já sem vida. “Vamos aguardar o laudo médico. Enquanto isso, estamos ouvindo amigos da vítima para saber como era o comportamento dele na cidade”, informou Nilson Rodrigues. Entre as possibilidades da morte do estrangeiro está que tenha sido por efeitos de medicamentos, já que teriam sido encontrados no local comprimidos de estimulante sexual viagra e a vítima estava com a parte debaixo nua, sem as calças. E ainda foi encontrada carteira com dinheiro e documentos. A vítima trabalhava numa empresa de Cianorte.

ABERTO – Dos seis homicídios registrados em Cianorte em 2014, somente um está em aberto e não foi solucionado ainda. É o do dono da oficina que foi assassinado em fevereiro. “Tivemos algumas pistas que foram investigadas, mas não foi pra frente. Continuamos apurando esse crime para solucionar”, anunciou o delegado.

Um dos homicídios mais recentes e que foi solucionado foi o assassinato de Tânia de Souza Servilieri, 37 anos. Ela foi morta a facadas pelo ex-companheiro, João Batista da Silva, 50 anos, no último dia 18. Ele foi preso no mesmo dia. Em seu depoimento na delegacia, o preso teria justificado que gostava muito da vítima, teria tentado reatar o relacionamento, o que não foi bem sucedido. E que teria perdido a cabeça. O delegado Nilson Rodrigues comentou que nesse caso não tem como confrontar as informações já que o outro lado – a vítima – não sobreviveu e que o suspeito foi preso em flagrante, estando detido à disposição da Justiça.

Texto e foto: Andye Iore

Compartilhe: