Polícia ambiental apreende armas, munições e carne de paca

paca

Nove armas de fogo e munições, além de 25,2 quilos de carne de paca imprópria para o consumo, foram apreendidos pelo Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) durante o cumprimento de Mandados de Busca e Apreensão expedidos pela Comarca de Alto Piquiri (a aproximadamente 135km de Cianorte). A ação aconteceu na madrugada de hoje (22) no Noroeste do estado e resultou também em duas pessoas conduzidas à delegacia.

Segundo informações do setor de Relações Públicas do BPMA, de posse dos mandados, os policiais foram até as localidades e verificaram que os animais abatidos, nas proximidades de um ribeirão da Bacia do Rio Piquiri, eram levados e consumidos em uma fazenda no município de Tupãssi. No endereço foram encontrados mais de 25,2 quilos de carne de paca.

Durante a ação também foram apreendidas, nos municípios de Brasilândia do Sul e Tupãssi, nove armas de fogo, sendo duas carabinas de calibre 22 e 44; seis espingardas de calibres 32, 36 e 12; um revólver calibre 22 e ainda uma espingarda de pressão equipada com mira à laser, além de várias munições.

Duas pessoas foram encaminhadas para a lavratura do flagrante e responderão por posse ilegal de arma de fogo, com pena prevista de um a três anos de detenção, bem como por armazenar produtos oriundos da fauna silvestre, conduta prevista na Lei de Crimes Ambientais com pena de seis meses a um ano de detenção

Os envolvidos foram levados, juntamente com as armas de fogo e as munições, à Delegacia de Polícia Civil de Assis Chateaubriand. A carne de paca, imprópria para o consumo humano, foi destruída após inspeção veterinária.

Texto e foto: Ascom SESP-PR

Compartilhe: