PM de Cianorte prendem 3 suspeitos de Roubos e recupera veículo roubado em Juranda

 

Durante a tarde desta sexta-feira (17), a Central de Operações reportou que havia um Toyota/Corolla com alerta de roubo, conforme ocorrência registrada no dia 13/07/2020 na cidade de Juranda/PR, trafegando pelas vias de Cianorte.

Durante o patrulhamento, já por volta das 16h, a equipe do Trânsito avistou o referido automóvel estacionado na Avenida Pernambuco, próximo à esquina da Rua Ivaí, com a porta do motorista aberta. Após checagem do emplacamento, foi realmente constatado que se tratava de produto de ilícito, conforme citado anteriormente.

Já em revista veicular, foram encontradas diversas vestimentas masculinas e femininas e, em conversa com testemunhas, que preferiram manter o anonimato, elas citaram que do automóvel desceu um casal, o qual seguiu a Avenida Pernambuco e adentrou na Rua Ivaí.

De imediato, foi acionada as demais equipes para auxiliarem na ocorrência, comparecendo as RPAs, as quais permaneceram em diligências nos arredores para encontrarem os autores. Durante o patrulhamento, uma das viaturas passou a observar as residências próximas com monitoramento eletrônico, sendo que na Rua Ivaí, foi avistada uma câmera direcionada para o local onde passaram os responsáveis pelo veículo com alerta de roubo.

Deste modo, foi chamado o morador, momento em que um cidadão, posteriormente identificado como 24 anos, atendeu a equipe, porém, foi percebido que demorou certo tempo para abrir o portão (o qual era totalmente fechado). Quando veio atender a equipe, o senhor disse que os policiais poderiam entrar, mas se apresentou muito nervoso, com as mãos trêmulas e gaguejava a todo instante. Ao ser indagado, se havia mais alguém no local, o homem ficou ainda mais nervoso, não sabendo precisar quem estava juntamente com ele.

Nesta primeira ocasião, como nada de ilícito foi encontrado, os militares deixaram o local, porém, realizaram o cerco da casa e mantiveram o contato visual das possíveis vias de fuga da residência.

Em dado momento, enquanto os militares realizavam diligências no entorno da casa, foi avistado dois homens olhando por cima do muro e tentando se esconder. Diante da atitude suspeita deles, os militares se aproximaram por um terreno vazio para verificarem o motivo de estarem homiziados naquele ponto.

Os dois, ao perceberem a presença dos policiais, saíram correndo em direção ao interior da casa do morador (24 anos), sendo que um deles arremessou para trás um revólver calibre .32, marca Taurus, capacidade para seis disparos, com seis munições intactas, com numeração suprimida.

Perante ao flagrante delito, um militar acompanhou o indivíduo que arremessou a arma e procedeu a sua abordagem, mantendo ele na posição de contenção deitado, o qual passou, num primeiro momento, um nome falso, alegando que seu RG seria de São Paulo, porém, mais tarde, o homem informou que estava mentindo, sendo a sua verdadeira identificação um foragido do Sistema Prisional de Medianeira, 23 anos de idade, contra o qual constam dois mandados de prisão em aberto (Vara Criminal de Formosa do Oeste; e Vara de Execução em Meio Fechado e Semiaberto de Medianeira), ambos pelo Artigo 157, com agravantes, do Código Penal.

Concomitantemente a ação, o outro militar conseguiu abordar o segundo indivíduo, posteriormente identificado (27 anos de idade), o qual tentava se evadir correndo da residência, dando a volta no quintal, sendo também posicionado na contenção deitado.

Além dos dois, o primeiro interpelado (24 anos) veio em direção a abordagem de maneira agressiva e hostil, sendo necessária também a sua contenção. Após isso, os demais policiais chegaram para auxiliarem.

Durante as buscas no local em que os homens que correram foram vistos, foi encontrada uma meia, a qual acondicionava 15 (quinze) munições de calibre 9mm.

Pouco tempo depois, chegou no local a esposa do morador, identificada (25 anos), que foi informada sobre os fatos e autorizou as buscas na residência, não sendo encontrado nada de ilícito, restando 02 (dois) aparelhos celulares apreendidos para eventuais perícias.

Indagados, foi possível constatar que haviam dois casais na casa: morador (24 anos) e esposa (25 anos); O foragido (23 anos) e sua convivente, esta última se evadiu da casa antes da chegada da equipe; além do outro homem de 27 anos.

O casal que teria chego e estacionado o Toyota/Corolla seria o Foragido e sua convivente. Todos que estavam no local, provavelmente, se reuniam para o cometimento de ilícitos, visto terem sido encontrados a arma de fogo, carro com alerta de roubo e por mudarem de versões a todo instante.

Diante de todo o exposto, os três homens receberam voz de prisão, foram cientificados dos seus direitos constitucionais e algemados, conforme súmula vinculante Nº 11, para resguardar a integridade física de todos os presentes e para evitar novas fugas. Já a esposa do morador acompanhou as equipes na qualidade de Testemunha, sendo o seu aparelho celular apreendido.

Por fim, a arma de fogo, munições, veículo recuperado e demais materiais apreendidos, foram apresentados, juntamente com os detidos, para a Autoridade Competente, a quem cabe os procedimentos de Polícia Judiciária.

Fonte: Comunicação Social da 5ª Companhia Independente de Policia Militar

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse