PM ataca perturbação do sossego no Bobódromo de Cianorte

bobodromo2

A Polícia Militar de Cianorte mais uma vez prendeu motoristas e apreendeu equipamentos de som automotivo na região das avenidas Goiás e Santa Catarina no último final de semana. Dessa vez foram três ocorrências no Bobódromo, entre a noite da última sexta-feira (5) e a madrugada de sábado (6). “Estamos intensificando esse tipo de ação para diminuir as reclamações e para que os moradores possam descansar em suas residências”, declara o major da PM, José da Silva Neto.

A primeira ação aconteceu no cruzamento das duas avenidas quando um VW Gol, com placas de Rondon, estava com o porta-malas aberto e o volume do som muito alto. O dono do carango tem 19 anos e foi encaminhado juntamente com o equipamento sonoro para a sede da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar para registro da ocorrência.

As outras duas ocorrências foram no começo da madrugada de sábado e em seguida uma da outra. Em ambos os casos os policiais passaram em patrulhamento pelas mesmas avenidas do primeiro caso. Novamente foi localizado carro com volume de som muito alto. Mesmo com a presença da polícia e com a viatura com o giroflex ligado, os donos dos veículos não se intimidaram e seguiram na perturbação do sossego. Os dois motoristas foram identificados e também encaminhados para a sede da 5ª CIPM.

Nos três casos os proprietários dos veículos assinaram um Termo Circunstanciado e foram liberados em seguida. Eles serão intimados a comparecer na Justiça para responderem sobre os casos. Já o material apreendido ficou na sede da Polícia Militar.

DENÚNCIA – O major Silva Neto orientou que a população denuncie esses casos de perturbação do sossego. A ação polícial fica mais eficiente com as informações detalhadas como descrição dos veículos e endereço. E, claro, que a pessoa se identifique como vítima da perturbação do sossego. “Quanto mais informações tivermos, mais fácil será resolver o problema”, anuncia Silva Neto. O telefone para as denúncias é o 190.
Esse tipo de situação incomodando moradores em área residencial em horários tarde da noite ou de madrugada também está ligada a outras irregularidades, como dirigir ou pilotar embriagado, motoristas sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH), colocar a vida de pessoas em risco, em outras situações.

Texto: Andye Iore / Charge: Leandro Franco

Compartilhe:

PM ataca perturbação do sossego no Bobódromo de Cianorte

bobodromo2

A Polícia Militar de Cianorte mais uma vez prendeu motoristas e apreendeu equipamentos de som automotivo na região das avenidas Goiás e Santa Catarina no último final de semana. Dessa vez foram três ocorrências no Bobódromo, entre a noite da última sexta-feira (5) e a madrugada de sábado (6). “Estamos intensificando esse tipo de ação para diminuir as reclamações e para que os moradores possam descansar em suas residências”, declara o major da PM, José da Silva Neto.

A primeira ação aconteceu no cruzamento das duas avenidas quando um VW Gol, com placas de Rondon, estava com o porta-malas aberto e o volume do som muito alto. O dono do carango tem 19 anos e foi encaminhado juntamente com o equipamento sonoro para a sede da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar para registro da ocorrência.

As outras duas ocorrências foram no começo da madrugada de sábado e em seguida uma da outra. Em ambos os casos os policiais passaram em patrulhamento pelas mesmas avenidas do primeiro caso. Novamente foi localizado carro com volume de som muito alto. Mesmo com a presença da polícia e com a viatura com o giroflex ligado, os donos dos veículos não se intimidaram e seguiram na perturbação do sossego. Os dois motoristas foram identificados e também encaminhados para a sede da 5ª CIPM.

Nos três casos os proprietários dos veículos assinaram um Termo Circunstanciado e foram liberados em seguida. Eles serão intimados a comparecer na Justiça para responderem sobre os casos. Já o material apreendido ficou na sede da Polícia Militar.

DENÚNCIA – O major Silva Neto orientou que a população denuncie esses casos de perturbação do sossego. A ação polícial fica mais eficiente com as informações detalhadas como descrição dos veículos e endereço. E, claro, que a pessoa se identifique como vítima da perturbação do sossego. “Quanto mais informações tivermos, mais fácil será resolver o problema”, anuncia Silva Neto. O telefone para as denúncias é o 190.
Esse tipo de situação incomodando moradores em área residencial em horários tarde da noite ou de madrugada também está ligada a outras irregularidades, como dirigir ou pilotar embriagado, motoristas sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH), colocar a vida de pessoas em risco, em outras situações.

Texto: Andye Iore / Charge: Leandro Franco

Compartilhe: