PM apreende material explosivo com quarteto

Dois artefatos explosivos foram apreendidos na madrugada de sexta-feira (22/11) com quatro homens na cidade de Ribeirão do Pinhal (PR), no Norte Pioneiro. A abordagem ocorreu durante a madrugada, durante o patrulhamento dos policiais militares do 2º  Batalhão de Polícia Militar (2º BPM), pertencente ao 2º Comando Regional da PM (2º CRPM). Posteriormente, o material foi destruído pelo Esquadrão Antibombas do Batalhão de Operações Especiais (BOPE).

“Certamente estas prisões e apreensões de explosivos em Pinhal evitaram um crime bastante grave que estava já na iminência de se concretizar. Graças a perspicácia e profissionalismo de nossos policiais militares, mais um crime relevante foi evitado e assim continuaremos agindo, com muita seriedade e profissionalismo em nosso trabalho, para garantir a segurança dos cidadãos” disse o Comandante do 2º Batalhão, tenente-coronel Luiz Francisco Serra.

De acordo com as informações do 2º Batalhão, o material poderia ser utilizado para arrombar caixas eletrônicos. Durante a abordagem, os suspeitos teriam afirmado que o material seria uma encomenda para outro homem, que mora na cidade. O grupo estava na Rua Silveira Pinto, na região Central da cidade, quando se deparou com a equipe do batalhão.

Ainda segundo as informações da unidade, o quarteto estava num Fiat Uno e tentou fugir para evitar a abordagem, porém a equipe da PM conseguiu impedir a fuga na Rua São Paulo. Os artefatos explosivos estavam no porta malas, e em outra parte do carro foram encontrados dois relógios, supostamente roubados recentemente, pois ainda estavam com etiquetas da loja e um comerciante da cidade tinha sido vítima de um crime semelhante.
Ao serem encaminhados para a delegacia da cidade, os policiais militares verificaram que todos os detidos tinham passagens pela polícia. Dois deles (de 35 e 34 anos), de Londrina, tem passagens por tráfico, desacato e posse de drogas. Os outros dois homens (ambos de 18 anos), possuem passagem, um deles por dirigir sem habilitação.

Fonte: Marcia Santos – Assessoria de Comunicação da Polícia Militar do Paraná

Compartilhe: