• folhadecianorte@gmail.com

Fale com a Folha

44 3018-2015


15 de dezembro de 2017

11:36

Parlamento Universitário recebe mais de 1,3 mil inscritos

Publicado em 29 de setembro de 2017

logo-politica

Nada menos que 1.303 estudantes de várias instituições de nível superior do estado se inscreveram para viver a experiência da atividade parlamentar na Assembleia Legislativa paranaense pelo período de pouco mais de uma semana, entre 30 de outubro e 10 de novembro próximos. O número comprova a boa receptividade ao Parlamento Universitário, projeto de ensino, pesquisa e formação política com foco na simulação das atividades do Poder Legislativo estadual, idealizado pelo presidente Ademar Traiano (PSDB) e que é oferecido pela Escola do Legislativo e foi implantado no ano passado, com grande êxito e a participação de alunos do curso de Direito da Universidade Federal do Paraná.

Em face do sucesso inicial, o programa foi estendido a instituições de ensino superior conveniadas com a Assembleia, como é o caso da própria UFPR, da Pontifícia Universidade Católica (PUC/PR), da Unibrasil, da Uninter, da Unicuritiba, da FAE, da Opet e da Universidade Positivo. Os 1.303 inscritos vão participar, na próxima semana, de aula magna de treinamento para o processo seletivo final. A escolha dos deputados universitários será feita pelas universidades e faculdades participantes do evento. Para participar ativamente das práticas de simulação serão selecionados 54 estudantes e seus respectivos suplentes.

OBJETIVOS – O Parlamento Universitário visa oferecer aos cidadãos, em especial aos graduandos, o conhecimento e a vivência das atividades políticas do Parlamento, aprimorar a relação entre Estado e sociedade civil e proporcionar experiências práticas dos processos político e legislativo, permitindo aos jovens uma melhor compreensão do que é o dia a dia do deputado estadual, que vai além do comparecimento às sessões e a votação de projetos de lei, envolvendo muita preparação, conhecimento e trabalho.

Adota a metodologia de ensino por meio da simulação, em que os participantes atuam diretamente nos trabalhos parlamentares, observando de perto a dinâmica das instituições democráticas do País. Este ano serão destinadas também até quatro vagas por instituição a estudantes do curso de Jornalismo, selecionados em processo independente daquele destinados aos parlamentares.

A seleção dos estudantes deverá ser feita entre 2 e 16 de outubro. A divulgação da lista final dos aprovados e seus suplentes está prevista para o dia 18 de outubro; o envio de proposições entre 19 e 26 de outubro; a abertura da sessão preparatória em 30 de outubro e a simulação de 30 de outubro a 10 de novembro. O encerramento e emissão de certificados ocorrerão em 10 de novembro. As atividades se darão no período da manhã, a partir das 8 horas, de segunda a quarta-feira, e em período integral às quintas e sextas-feiras, a partir do mesmo horário e sempre fora do horário das sessões ordinárias da Casa.

SUCESSO – No ano passado, o projeto ocorreu durante a semana de 25 a 29 de julho, quando 54 estudantes de todos os períodos do curso de Direito da UFPR puderam tomar assento na Alep e experimentar o cotidiano dos deputados estaduais. Desde o momento em que foram selecionados, os deputados universitários puderam elaborar proposições legislativas – incluindo projetos de lei, projetos de resolução e propostas de emenda à Constituição do Estado – que foram posteriormente analisadas, discutidas e votadas por eles próprios.

Os estudantes organizaram-se em partidos, bancadas e blocos, respeitando a proporcionalidade das siglas já representadas na Alep, elegeram a Mesa executiva do Parlamento Universitário, organizaram-se em comissões temáticas para a análise das propostas. Foram feitos discursos sobre temas de relevância para o Estado e em defesa das proposições em trâmite, sempre respeitando a regra estabelecida pela organização do Parlamento Universitário, de não exibir ou ostentar quaisquer materiais remetendo a personalidade política, viva ou morta, partido político, ideologia partidária ou qualquer espécie de protesto, tampouco usar da palavra para atacar ou defender personalidade política, viva ou morta, ou partido político. Buscou-se, com isso, promover um amplo debate de ideias, evitando o puro e simples proselitismo.

Texto: ASC Alep

"Conteúdo protegido por direitos autorais. Cite crédito ao usar textos e fotos da Folha de Cianorte"

About the author /


Jornalista formado em 2002 pelas Faculdades Maringá, com especialização em Comunicação e Educação. Já foi correspondente regional da Gazeta do Povo, trabalhou no O Diário (de Maringá), rádio CBN Maringá, coordena o projeto cultural Zombilly, entre outros.

Jornal Folha Regional de Cianorte

Endereço: Av. Brasil, 1167, Cianorte - PR.

Telefone: (44) 3018-2015

Email: folhadecianorte@gmail.com

Diretor proprietário

Luiz Antônio Barbosa

Editor de conteúdo

Andye Iore.

Desenvolvido por Web 7 - Soluções digitais