Paraná poderá ampliar uso de cimento em obras rodoviárias

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) assinou nesta sexta-feira (04) um termo de cooperação técnica e científica com a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP). O objetivo é desenvolver e implementar projetos e inovações tecnológicas quanto ao uso de cimento em obras rodoviárias. O termo de cooperação técnica e científica tem vigência de dois anos.

“Devemos aproveitar essa parceria com a ABCP imediatamente, com o início das obras da duplicação da PR-092. Na via central vamos implantar o pavimento rígido, constituído por placas de concreto de cimento Portland, em uma extensão de 4,74 quilômetros”, afirma o diretor-geral do DER-PR, Fernando Furiatti.

Com a parceria, a ABCP se coloca à disposição dos técnicos do DER/PR e das empresas contratadas para serviços de assessoria, capacitação e aprimoramento. “A proposta é contribuir com para que a obra na rodovia saia com a melhor qualidade possível, dando apoio técnico na avaliação de projetos, na troca de informações em relação ao controle tecnológico e também no acompanhamento da obra”, explica o gerente regional Sul da ABCP, Alex Maschio.

CONCRETO

No caso do pavimento da via central da duplicação da PR-092, serão implantadas placas de concreto com espessura de 27 centímetros, compostas por cimento, água, areia e brita, seguindo as normas técnicas do DER/PR, sobre uma base de brita tratada com cimento.

OBRAS DE ARTE

Além do pavimento rígido, o cimento Portland é utilizado na execução de obras de arte especiais, como pontes e trincheiras; no sistema de drenagem, o que inclui valetas, sarjetas, bueiros, galerias e caixas, e em serviços complementares, como meios-fios, barreiras e abrigos para pontos de ônibus.

A Associação Brasileira de Cimento Portland é uma entidade sem fins lucrativos, mantida voluntariamente pela indústria brasileira do cimento. Seu objetivo é promover estudos sobre o cimento e suas aplicações.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: