Paraná participa de evento da ONU sobre desastres

acidentes

O Paraná vai participar da Conferência das Nações Unidas sobre Ciência e tecnologia para a redução do risco de desastres, em Genebra, na Suíça, entre os dias 27 e 29 de janeiro. Nesse evento serão definidas as ações a serem realizadas pela comunidade acadêmica e científica nos próximos 15 anos (2015-2030).

Participam do encontro internacional as comunidades científicas e tecnológicas, agentes políticos, profissionais e investigadores de todas as regiões geográficas, em níveis locais, nacionais, regionais e internacionais.

A Conferência, intitulada como Science and technology conference on the implementation of the sendai framework for disaster risk reduction, é um dos eventos mais importantes para comunidade científica na área de redução dos riscos de desastres. As decisões irão apoiar a implementação do Marco de Sendai (documento) para a Redução do Risco de Desastres, aprovado na Terceira Conferência Mundial das Nações Unidas realizada na cidade de Sendai, no Japão, entre os dias 14 e 18 de março de 2015.

A diretora acadêmica do Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres do Paraná (Cedep), Danyelle Stringari, já embarcou para participar da Conferência. “Esse é um dos eventos mais importantes do mundo na área. A partir dele é possível traçar as ações para reduzir os desastres para os próximos 15 anos e deixaremos de atuar apenas em situações de reparo”, explica Danyelle, que representará o Paraná no evento.

Danyelle apresentará o trabalho denominado “Criação do Redesastre como estratégia para o desenvolvimento de capacidades e suporte à implementação do Marco de Sendai no Estado do Paraná – Brasil”, de autoria conjunta com o capitão Eduardo Gomes Pinheiro, pesquisador da área de desastres e Diretor do Ceped/PR.

Este mesmo trabalho foi aprovado anteriormente por uma comissão do evento e demonstra a importância da criação da primeira rede temática para a pesquisa, extensão, ensino e inovação voltada à redução do risco de desastre oficialmente instituída no país.

A Conferência é organizada pelo Escritório das Nações Unidas para a Redução de Riscos de Desastres (UNISDR) com o Grupo Consultivo Científico e Técnico (Stag), o Conselho Internacional para a Ciência (ICSU); das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), a Universidade das Nações Unidas (UNU) e a Organização Meteorológica Mundial (OMM).

Texto : AE-PR / Foto: Arnaldo Alves

Compartilhe: