Paraná oferta cursos de português para estrangeiros e de Libras

Secretaria Estadual de Educação do Paraná; Instituto de Educação Erasmo Piloto do Paraná, alunos estrangeiros matriculados no Celem tem aulas de português. 27-02-18. Foto: Hedeson Alves

O Governo do Paraná tem duas novidades para quem deseja aprender novos idiomas impulsionar a carreira. A Secretaria de Estado da Educação oferta desde o início do ano letivo os cursos de Português para Falantes de Outras Línguas (PFOL) e Língua Brasileira de Sinais (Libras) para ouvintes. Os cursos são ofertados gratuitamente em escolas da rede estadual de ensino em diferentes regiões do Estado.

Os estrangeiros que querem falar melhor a Língua Portuguesa podem se matricular a qualquer momento, mediante a apresentação de fotocópia de visto no passaporte ou do documento de identidade de estrangeiro. “Essa novidade possibilita que estudantes ou imigrantes de países que não têm o português como língua materna aprendam a nossa língua e ampliem suas possibilidades de emprego, turismo e cultura”, disse a secretária da Educação, Ana Seres.

A oferta do curso faz parte do Plano Estadual de Políticas Públicas para Promoção e Defesa dos Direitos de Refugiado, Migrantes e Apátridas do Paraná do Governo do Estado. O curso de Português para Falantes de Outras Línguas (PFOL) é ofertado em 14 escolas estaduais nos municípios de Curitiba, Arapongas, Cascavel, Londrina, Cambé, Jaguapitã, Rolândia e Nova Laranjeiras.

O curso tem como objetivo proporcionar aprendizagem e desenvolvimento de habilidades essenciais para a comunicação e interação social”, explicou o chefe do Departamento de Educação Básica da Secretaria da Educação, Cassiano Ogliari. Os concluintes terão habilidades para comunicação oral e escrita na língua portuguesa.

NOVAS OPORTUNIDADES – O egípcio Mahmoud Ali Mostafá Mohamed, 40 anos, está no Brasil há quatro anos e já consegue se comunicar bem em português, mas a dificuldade na escrita e leitura atrapalha na hora de buscar por novas oportunidades profissionais. “O meu serviço exige muito esforço braçal, por isso decidi fazer o curso porque quero ler e escrever bem e com isso ampliar as possibilidades de emprego”, contou.

Mohamed iniciou o curso na semana passada no Instituto de Educação do Paraná Erasmo Pilotto, em Curitiba, com oito estudantes da Nigéria, Argélia, Estados Unidos, Nicarágua, El Salvador, Egito, Peru e Haiti.

A salvadorenha Ana Margarita Romero Portilho, 21 anos, veio ao Brasil no segundo semestre de 2016 com um grupo de 19 missionários. Ela optou pelo curso para aprimorar a comunicação com os brasileiros. “Está sendo uma experiência muito boa viver no Brasil, mas é importante aprender o idioma para nos comunicar com as pessoas e para que elas nos entendam bem”, disse.

Israel Antônio Lopes, de 22 anos, também veio ao Brasil com a missão religiosa em 2016. Natural de Masaya, na Nicarágua, ele contou que o curso vai ajudar a superar algumas barreiras do idioma. “Sinto que o curso vai me ajudar muito na pronúncia das palavras e na escrita, que são minhas principais dificuldades. Não quero falar só por falar, mas falar direito, por isso quero aprofundar meus conhecimentos no idioma”, disse Lopes.

LIBRAS – O curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras) será ofertado em 18 escolas estaduais em 16 municípios de diferentes regiões do Paraná. O curso é destinado a estudantes professores e funcionários e demais interessados que sejam ouvintes. A oferta tem como objetivo difundir a Língua Brasileira de Sinais para ouvintes, melhorar a comunicação e integração no ambiente escolar, em especial com o estudante surdo, e também com toda a comunidade surda.

Os cursos de Português para Falantes de Outras Línguas e de Libras têm duração de um ano, com carga horária de 160 horas-aula.

OUTRAS OPÇÕES – A rede estadual de ensino ainda oferta os cursos de Língua Estrangeira Moderna I, II e III: Alemão, Espanhol, Francês, Inglês, Italiano, Japonês, Mandarim, Polonês e Ucraniano. Os cursos de Línguas Estrangeiras Modernas têm duração de um ano cada e carga horária de 160 horas-aula.

As aulas acontecem duas vezes por semana com duração de 50 minutos cada. Podem ser nos turnos manhã, intermediário manhã, tarde, intermediário tarde e noite, de acordo com o estabelecimento de ensino.

Os estudantes do Centro de Línguas Estrangeiras Modernas que apresentarem frequência mínima de 75% e média igual ou superior a 6,0 receberão um certificado pelo ano de atividades concluídas, contendo as especificações do curso, registros de avaliação, carga horária e frequência.

A lista completa de escolas com oferta dos cursos de Línguas Estrangeiras Modernas está disponível site da Secretaria da Educação (http://www.lem.seed.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=345).

FONTE: AEN-PR

Compartilhe: