Paraná considera educação integral no ensino médio

logo-ensino3

Ampliar a oferta de educação integral para o ensino médio brasileiro. Esse foi o tema de reunião hoje (31), no Ministério da Educação, em Brasília, com a participação da secretária de Estado da Educação, professora Ana Seres. No encontro com a secretária executiva do MEC, Maria Helena Guimarães de Castro, foi apresentada a Política de Fomento à implementação de escolas em tempo integral para o ensino médio.

Ana Seres salientou que expandir o número de escolas com a oferta de educação integral também está nos planos do Paraná. “Portanto, essa possibilidade de novos recursos vem em muito boa hora. Podemos mais que dobrar a oferta atual de vagas nesses moldes”, explicou Ana Seres.

“Conforme os critérios apresentados na reunião, os estados terão que elaborar projetos que, posteriormente, passarão por análise no MEC”, acrescentou a secretária. No Paraná, três escolas estaduais oferecem o ensino médio em tempo integral. No fundamental, são 29 unidades.

Os projetos-piloto para o ensino médio estão localizados nos municípios de Londrina, Cascavel e Cantagalo. A iniciativa faz parte da Política de Educação Integral da rede paranaense de ensino. Antes do início dessa oferta, a comunidade se reuniu e optou por essa modalidade. “O debate prévio com a comunidade escolar é fundamental. Nossa preocupação é com a qualidade do ensino”, destacou Ana Seres.

Antes de desenvolver o projeto paranaense, técnicos da Secretaria da Educação fizeram amplo estudo sobre o assunto, incluindo as experiências de educação integral desenvolvidas em estados como Amazonas, São Paulo e Pernambuco.

Texto: AE-PR

Compartilhe: