OS MEUS PREFEITOS, OS MEUS AMIGOS

(Legenda da foto: Organizamos a foto do primeiro prefeito para o último que era o Edno na época da foto em 1989 no seu primeiro mandato. Começa pelo Wilson Ferreira Varella, Antônio Rodrigues Mota, Ausência de Dr Ramon Máximo Schulz (não compareceu), Ricardo de Queiroz Cerqueira, Nelson Prendin, Dr Francisco Honório Arieta Negrão, Jorge Moreira da Silva e Edno Guimarães.)

Tive o privilégio de conhecer todos os prefeitos municipais de Cianorte, desde a fundação da cidade, e com todos eles mantive boa relação de amizade. Quando aqui, nesta terra amada, cheguei ainda menina não significava muito para eu conhecer esta ou aquela pessoa; era uma sonhadora que não pensava no futuro e só vivia o seu momento do dia a dia. Crescendo, fui perceber que todas as pessoas que nos rodeiam são necessárias e importantes em nossa vida. Quis o destino me aproximar daquele que seria meu marido e quiseram as coincidências que a vida nos proporciona que ele fosse o filho primogênito do primeiro Prefeito Municipal Wilson Ferreira Varella. Entrei no magistério municipal pelas mãos do Prefeito Municipal Antonio Rodrigues Mota e no magistério estadual pelo empenho do Prefeito Municipal Ramon Máximo Schulz. Quando eu era diretora da Escola Maria Montessori o Prefeito Municipal Ricardo de Queiroz Cerqueira, o quarto prefeito, ajudou a implantar a merenda escolar em nossa escola. Graças a Deus, Ricardo ainda está vivo e mora em nossa terra. E quem diria que o quinto prefeito fosse um padre! Quantas vezes tomei a Santa Comunhão de suas mãos, Padre Nelson Prendin e quantas vezes estive em seu gabinete para levar os problemas da Escola Dom Bosco, da qual eu era Diretora, na Vila Operária! Nunca saí do gabinete do Prefeito Municipal Nelson Prendin sem que confirmasse meus pedidos. Na sucessão dele, veio o sexto Prefeito Municipal Francisco Honório Arieta Negrão. Muitas vezes estivemos junto na chamada Erosão da Mãe Biela, eu com meus alunos da disciplina de Geografia, estudando a terra, ele como cidadão de todos, encontrando a solução definitiva para acabar aquele enorme buraco. Seu mandato foi prorrogado e durou seis anos. Até que veio para a prefeitura o sétimo Prefeito Municipal Jorge Moreira da Silva, um homem sonhador, com experiência comercial. Foi com ele, graças ao seu amor pelas letras e pela história de Cianorte, que conseguimos publicar o livro “Cianorte, sua história contada pelos pioneiros”, escrito a quatro mãos com as professoras de História Wilma Kobayashi Mesquita, Helena Cioffi e Irene Gimenes Praxedes e eu como professora de Geografia. Homem sensível às letras conseguiu deixar marcada em livro a história de Cianorte acontecida até aquele momento. Aí, quem se elegeu pela primeira vez foi o Prefeito Municipal Edno Guimarães, vindo de uma antiga vereança por São Lourenço, numa disputa acirrada conseguiu cravar seu nome na história. Ao terminar seu mandato elegeu-se Deputado Estadual por três vezes, volta a concorrer posteriormente, e consegue cumprir mais dois mandatos de prefeito. Um fato inédito até então. Quis o destino outra vez que eu fosse eleita a primeira Vereadora mulher de Cianorte. Jorge Moreira da Silva ainda era um nome bastante popular e não foi difícil ocupar a cadeira de Prefeito Municipal de novo, considerado o nono na linha de sucessão. Não foi nada fácil para ele, adoentado, ausentou-se, e dois prefeitos se sucederam em suas ausências para tratamento: o vice-prefeito Edmervan Faria de Melo, que ao candidatar-se a prefeito, foi sucedido pelo vereador presidente da Câmara Municipal Jorge Abou Nabhan. Um nome respeitado na cidade surge e se define o décimo Prefeito Municipal Flávio Vieira; agrada a população e sucede a si mesmo como o décimo primeiro prefeito de Cianorte. Em 2.005 assume como décimo segundo o Prefeito Municipal Edno Guimarães e se reelege como o décimo terceiro mandante municipal, em razão de seu prestígio e popularidade. E ainda, finalmente, sem terminar o seu segundo mandato comanda nossa cidade o Prefeito Municipal Claudemir Romero Bongiorno, como décimo quarto e décimo quinto mandato, que finaliza em dezembro de 2.020. Ainda vivos temos a graça de ter entre nós Ricardo de Queiroz Cerqueira, Flávio Vieira e Claudemir Romero Bongiorno.

Assim, sem mágoas, sem rancor convivi com cada uma destas pessoas citadas que comandaram a nossa cidade. Considero um privilégio de ter estado com todos estes homens valorosos que ajudaram a escrever a nossa história, a história de um município que vi nascer, crescer, estar em plena juventude, acolhendo sua população com carinho. E quis o destino ainda me colocar aqui para contar esta história!

Izaura Varella

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse