Operação prende 27 pessoas por tráfico de drogas no Noroeste

Menos de 24 horas depois de uma operação a nível estadual contra facções criminosas, que terminou com 67 mandados de Prisões e 96 mandados de busca e apreensão cumpridos, a Polícia Militar e a Polícia Civil, junto com o Ministério Público, deflagraram mais uma ação de inteligência, desta vez focada no combate ao tráfico de drogas, na região Noroeste do Paraná.

A Operação Mancomunados, como foi nominada, ocorreram nas cidades de Ubiratã, Campina da Lagoa, Juranda e Janiópolis nesta quinta-feira (01) e resultou em 27 presos em locais externos, e mais 14 em unidades prisionais (de pessoas que já cumprem pena e foram notificadas pelo envolvimento em crimes focados nesta ação).

O subcomandante – geral da Polícia Militar, coronel Antônio Carlos de Morais, acompanhou os desdobramentos da operação, assim como os trabalhos em campo, e afirmou que operações deste tipo contribuem para a redução da criminalidade em todo o estado. “Tivemos resultados ótimos. O Paraná está tendo uma redução de crimes em todos os municípios e isso tem uma explicação objetiva: são ações preventivas constantes, executadas pela PM e outras instituições de segurança pública. O resultado, como o da operação de hoje e de outras tantas, mantém a redução dos índices, proporcionando à sociedade mais tranquilidade”, disse.

“Essa operação envolvendo Polícia Civil, Militar e Ministério Público é uma demonstração de que as instituições do Paraná não só estão mais unidas, como integradas no combate à criminalidade”, enfatizou o delegado adjunto da Polícia Civil do Paraná, Riad Braga Farhat. “Um prejuízo imenso na estrutura das organizações criminosas do Estado do Paraná”, afirmou.

Segundo o comandante do 11º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Julio Cesar Vieira da Rosa, os resultados são expressivos e mostram à população rigor e empenho no combate à criminalidade. “A avaliação é muito positiva, tendo em vista que atuamos contra o tráfico de drogas, causa de outros crimes como furtos, roubos e até homicídios?, explicou.

O balanço final da operação é de 27 presos, mais 14 prisões feitas em unidades prisionais, dois adolescentes apreendidos, e três armas de fogo (um revólver, uma espingarda tipo garrucha de calibre 22, uma espingarda de calibre 28, além de dois simulacros de arma de fogo (um de revólver e outro uma espingarda de pressão), todos apreendidos. Porções de cocaína e maconha também foram localizadas, mas em pequena quantidade. Todos os mandados de Busca e Apreensão, bem como os de Prisão, foram cumpridos.

Fonte: Agência Estadual de Notícia do Paraná

Compartilhe: