Operação policial vistoria hotéis populares

hotel

Mais de 60 quartos de hotel do Centro de Curitiba foram fiscalizados durante uma operação deflagrada pela Divisão Policial da Capital (DPCap), com o apoio da Polícia Militar e da Guarda Municipal, na manhã de hoje (10), com o intuito de desmantelar o comércio de drogas na região central da cidade, entre outros crimes relacionados. Quatro pessoas foram presas e oito encaminhadas à delegacia.

A ação foi realizada em um hotel localizado na Rua Dr. Muricy e em uma pousada, que já havia sido alvo de operação policial, situada na Rua Presidente Faria.

Durante a ação três homens, com idades entre 24 e 45 anos, entre eles o recepcionista de um dos hotéis, foram presos em cumprimento a mandados de prisão por tráfico de drogas, roubo e violência doméstica. A equipe também prendeu em flagrante um homem, de 40 anos, pelo crime de receptação. O suspeito estava em posse de documentos, diplomas e cartões de crédito em nome de terceiros que haviam sido vítimas de assalto.

Oito pessoas foram encaminhadas para a Central de Flagrantes, duas delas para assinar um Termo Circunstanciado (TC) por posse e uso de drogas e as outras seis para serem identificadas, pois estavam sem documentação, inclusive um egípcio, que estava sem passaporte.

De acordo com o delegado responsável pela operação, Fábio Machado, a operação foi deflagrada com o intuito de prender pessoas que estavam escondidas nos hotéis vistoriados, bem como dar mais tranquilidade para a população central, pois muitos locais funcionam como ponto de tráfico de drogas. “Além de serem usados por viciados, traficantes e foragidos”, completa o delegado.

“Mais uma demonstração de integração entre as forças policiais, objetivando combater o tráfico e o consumo de drogas no Centro da cidade, além dos demais delitos interligados, como roubos, furtos, homicídios e ameaças. Vale ressaltar que nesta operação a sanção administrativa foi diferencial, com a participação da Secretaria de Urbanismo no processo de cassação do alvará dos hotéis que permitiam a prática dos delitos”, falou o secretário de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

Operações como essa serão contínuas, visando coibir o tráfico de drogas na região Central, bem como os crimes ligados a ele. “Essa é uma nova estratégia de ação da DPCap, que tem por objetivo coibir crimes e trazer mais tranquilidade e segurança à população”, finaliza o delegado Machado.

Texto e foto: SESP PR

Compartilhe: