• folhadecianorte@gmail.com

Fale com a Folha

44 3018-2015


24 de novembro de 2017

9:05

Óleo de cozinha usado deve ter descarte adequado

Publicado em 29 de setembro de 2014

oleo03As cozinheiras e donas de casa ainda tem o hábito de jogar fora o óleo de cozinha usado. O produto lançado na pia ou ralo vai para rede de esgoto e contamina o solo. Além de poder entupir a tubulação da residência. A comodidade se transforma em despesa para desentupir a tubulação e em prejuízo ambiental no futuro. “É quase insignificante a quantidade de óleo que coletamos nas casas”, comentou o gerente da BioÓleo Brasil, Carlos Eduardo Bernardi (foto abaixo), sobre o descarte de óleo usado nas aproximadamente 23 mil residências em Cianorte. “O óleo parece inofensivo, mas um litro óleo pode contaminar um milhão de litros de água”.

A empresa coleta óleo usado em 200 empresas cianortenses, somando 30 toneladas de óleo mensalmente pela região cianortense. Eles recolhem, armazenam e encaminham o produto para usinas de BioDiesel em outros estados, que fabricam combustível, sendo em torno de 80% menos poluidor para o Meio Ambiente que o combustível comum.

O restaurante Recanto Mineiro, no centro de Cianorte, é um desses pontos, onde são descartados uma media de 200 litros de óleo mensalmente. “Sem as empresas de reciclagem não teríamos o que fazer com esse óleo”, comentou o proprietário Valdécio Pedro Coutinho (foto acima), 45 anos.

Há sete anos o restaurante separa o óleo usado e vende por um valor entre R$ 0,20 e R$ 0,30 o litro para a empresa coletora, que retira o produto quinzenalmente. O óleo usado é armazenado em galões deixados pela empresa coletora.

Outro cuidado no restaurante também é com resíduos da cozinha, com uma caixa coletora separando as sobras que também recebem uma destinação adequada.

CAMPANHA – Os técnicos do setor pedem uma maior colaboração da população que escolhe o caminho mais fácil de jogar o óleo usado no encanamento ou ralo. O que é errado e prejudica o Meio Ambiente. O óleo pode entupir o encanamento da residência e contaminar o solo. Além de atrair baratas e ratos.

No geral, é comum os moradores dependerem de ações de terceiros ou campanhas de órgãos públicos. Mas é muito fácil uma ação mais efetiva. Basta guardar o óleo usado numa garrafa e levar o material para os pontos de coleta identificados (confira ao lado). Ou até mesmo nos restaurantes e lanchonetes que fazem o correto descarte do produto. Há escolas que também fazem projetos ambientais. O que dá pouco trabalho e é uma atitude ecologicamente correta.

População pode colaborar entregando óleo nos pontos de coleta

Ainda é pequena a quantidade de pessoas que separam o óleo de cozinha usado para um descarte adequado. Por isso, os setores envolvidos como prefeitura e empresas coletoras, pedem uma maior colaboração das donas de casa para evitar que uma grande quantidade de óleo seja jogado no Meio Ambiente.

A prefeitura de Cianorte faz um trabalho de conscientização pela Secretaria de Meio Ambiente. Entidades e alunos das escolas municipais, estaduais e particulares da cidade vão até o Centro de Educação Ambiental onde recebem orientações e dicas. “Explicamos como os resíduos, como o óleo de cozinha, podem contaminar o solo e causar problemas. E também falamos sobre o descarte adequado desse material”, comentou a bióloga Cristiane Marchini Roco.

Por isso, a Vigilância sanitária ainda não tem um sistema de fiscalziação sobre o procedimento.

A prefeitura está terminando o Plano Municipal de Resíduos, baseada na lei 12305/2010, sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Após isso, a fiscalização será rígida com os estabelecimentos.

SABÃO – Uma reutilização comum para o óleo usado é a transformação em sabão. Mas, os técnicos do setor alertam que isso não é recomendável porque para fabricar esse sabão caseiros, as pessoas utilizam produtos químicos que acabam sendo contaminadores do Meio Ambiente.

PONTOS DE DESCARTE E COLETA DE ÓLEO  EM CIANORTE:
• Secretaria de Meio Ambiente – rua Piauí, 2099. Fone: (44) 3631-6463.
• BioÓleo Brasil – (44) 9977-7632.
• Restaurante Recanto Mineiro – Praça Raposo Tavares, 364.
• Rainha da Paz – Praça Oswaldo Cruz, 640.
• Associação de Reciclagem – avenida Maranhão, próxima Mãe Biela, Vila 7.

 Texto e fotos: Andye Iore

oleo02 oloe01

"Conteúdo protegido por direitos autorais. Cite crédito ao usar textos e fotos da Folha de Cianorte"

About the author /


adminfolha

Jornal Folha Regional de Cianorte

Endereço: Av. Brasil, 1167, Cianorte - PR.

Telefone: (44) 3018-2015

Email: folhadecianorte@gmail.com

Diretor proprietário

Luiz Antônio Barbosa

Editor de conteúdo

Andye Iore.

Desenvolvido por Web 7 - Soluções digitais