“O Brasil é uma nação forte, de povo ordeiro e trabalhador”

 

richa-militarO governador Beto Richa disse hoje (1), na abertura oficial da Semana da Pátria, que a população deve aproveitar a data para refletir sobre o momento que o País atravessa. “O Brasil é uma nação forte, de terra fértil e povo ordeiro e trabalhador. Temos que aproveitar esse dia para reforçar nosso amor a nação e avaliar o momento político e econômico que passamos e as perspectivas de futuro”, afirmou ele na cerimônia realizada pelo Exército no Colégio Militar de Curitiba.

Richa destacou que o Brasil acabou de passar pelo processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. “Sem traumas e sem violência. As instituições seguem sólidas, cumprindo o seu papel. O Judiciário e o Ministério Público prosseguem com as investigações”, defendeu. Richa também ressaltou a importância do patriotismo e da união dos brasileiros neste momento cívico.

A cerimônia foi mais curta do que tradicionalmente devido ao luto de três dias decretado pela morte do ex-governador Jayme Canet Junior. Além do governador, participaram o comandante da 5ª Divisão de Exército, general de divisão José Luiz Dias Freitas, e oficiais do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, representantes das polícias Civil e Militar do Paraná, alunos da rede estadual de ensino e do Colégio da Polícia Militar do Paraná e combatentes da Força Expedicionária Brasileira.

O general José Luiz Dias Freitas Luiz Felipe Carbonell disse que a Semana da Pátria é uma excelente oportunidade para o povo brasileiro recordar a história e refletir sobre o futuro da nação. “É importante manter o civismo e preservar os valores do nosso País. Esse é um momento de todos e a participação dos jovens e sociedade civil é fundamental”, declarou Carbonell.

SIMBÓLICO – Na cerimônia, o coronel Nilson Salata, oficial da reserva da Polícia Militar e integrante da Liga da Defesa Nacional, acendeu Fogo Simbólico da Pátria. Ele estava acompanhado de atletas do Talento Olímpico do Paraná (TOP 2016), programa de incentivo financeiro ao esporte do Governo do Estado. O fogo permanecerá aceso até 7 de setembro, após o desfile do Dia da Independência, no Centro Cívico, em Curitiba.

Idealizado por um grupo de patriotas, em 1938, o fogo simbólico representa o sentimento cívico do povo brasileiro e reafirma o compromisso da juventude em manter viva a chama do amor à pátria. A ideia foi acolhida pela Liga da Defesa Nacional e, desde então, a cerimônia do fogo simbólico abre a Semana da Pátria.

PRESENÇAS – Participaram da cerimônia de abertura da Semana da Pátria, o comandante da 5ª Região Militar, general de Brigada Carlos Alberto Mansur; o comandante da Artilharia Divisionária/5, general de Brigada Aléssio Oliveira da Silva; o comandante da Polícia Militar do Paraná, coronel Maurício Tortato; o secretário-chefe da Casa Militar, coronel Adilson Castilho Casitas; a secretária de Estado da Educação, professora Ana Seres; e o secretário de Segurança Pública, Wagner Mesquita.

Texto e foto: AE-PR

Compartilhe: