Noroeste terá mais segurança com duplicação da PR-317

pr 317A duplicação de 53 quilômetros da rodovia PR-317, entre Floresta e Campo Mourão, no Noroeste do Paraná, trará segurança à população e melhoria à economia da região. “Com as novas pistas, teremos mais segurança os acidentes vão diminuir. Além disso, a obra irá favorecer o comércio, já que mais pessoas vão usar a rodovia”, afirma o empresário Ângelo Bonfim, que mora há 20 anos em Ivailândia e passa três vezes por semana no trecho. A duplicação é uma parceria do Governo do Paraná com a concessionária Viapar, que investirá em todo o trecho R$ 208 milhões. O prazo para entrega é final de 2015.

Nesta primeira etapa da obra, as equipes estão trabalhando para duplicar 41 quilômetros, entre Floresta e Peabiru. No total, serão duplicados 53 quilômetros, até Campo Mourão, onde a rodovia passa a ser BR-158. Cerca de 10 mil veículos passam diariamente pelo trecho.  “Este é um trecho crítico do Noroeste, onde há muito movimento de veículos, o que gera acidentes. A duplicação proporcionará segurança, conforto e desenvolvimento para todos da região”, disse o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

OBRA –Atualmente, as equipes trabalham na terraplenagem e drenagem das pistas, localizadas nas proximidades de Floresta, Ivailândia e Engenheiro Beltrão, e no viaduto do km 156, no acesso à Terra Boa.

Além dos 53 quilômetros de duplicação, serão construídos quatro viadutos, dois na PR 317 (kms 154 e 156), próximos a Engenheiro Beltrão e acesso a Terra Boa; e dois na BR-158 (kms 196 e 202), em Peabiru. Serão feitas, também, duas pontes sobre o rio Ivaí, (extensão de 280 metros) e rio 119 (extensão de 36 metros).

ANEL DE INTEGRAÇÃO – A duplicação da PR 317 faz parte de um conjunto de obras em trechos estratégicos do Anel de Integração, frutos da negociação feita entre o Governo do Paraná e as concessionárias. Atualmente, estão em andamento obras de duplicação em nove trechos espalhados pelo Estado, somando 118,2 quilômetros de implantação de pistas duplas. O investimento total, que chega a R$ 1,5 bilhão.

NOROESTE – Na região Noroeste, outras duas obras estão sendo executadas pelo Governo do Paraná e concessionária, com investimento total de R$ 137 milhões. Em Mandaguari, está sendo construído um contorno rodoviário na BR- 376, com extensão de 10 quilômetros. A obra desafogará o trânsito pesado de caminhões que circulam dentro do município, além de desenvolver a região. A obra tem previsão para estar pronta no final deste ano e o investimento é de R$ 95 milhões.

Outra obra é a duplicação entre Jandaia do Sul e Apucarana, com investimento de R$ 42 milhões. Estão sendo duplicados 11 quilômetros das rodovias BR-369 e BR-376, além da construção de viadutos, trincheiras e retornos.

Texto e foto: AE-PR

Compartilhe: