Mutirão de limpeza percorre as Zonas 03 e 04

 

mutiraoz0304Desde a última segunda-feira (16), as secretarias municipais de Serviços e de Meio Ambiente estão providenciando a coleta de resíduos referentes à segunda etapa do mutirão de limpeza da Prefeitura, que tem por objetivo eliminar os esconderijos e criadouros de animais peçonhentos e do Aedes aegypti. A ação contempla as Zonas 03, 04 e proximidades, onde estão trabalhando os brigadistas florestais, servidores públicos do Pátio e funcionários das empresas terceirizadas de varrição; com o uso de caminhões, tratores e escavadeiras; sendo que, já no início da operação, ao recolher entulhos na Rua Maringá, uma das equipes encontrou um escorpião amarelo.

“Por isso, ressaltamos a importância das pessoas aproveitarem o mutirão para limpar suas residências e descartar os materiais em desuso, principalmente, os empilhados no quintal. Esse escorpião certamente estava dentro da propriedade e poderia ter causado uma tragédia”, alerta um dos coordenadores da ação, o chefe da Divisão de Conservação de Estradas e Vias Urbanas, Galileu Rask.

Nesse sentido, o secretário de Serviços Municipais, Allan Marchini, lembra que, após a coleta pela Prefeitura, o morador que depositar resíduos nas calçadas, canteiros e demais vias públicas estará sujeito à multa, conforme legislação municipal, e sujeito a outras penalidades em caso de prejuízo à saúde pública ou ao meio ambiente. “Por isso, orientamos, mais uma vez, para que os moradores não percam o prazo do mutirão de limpeza. Esta é a oportunidade de contar com a ajuda da Prefeitura para deixar sua casa livre da sujeira, de doenças e acidentes com escorpiões”, reitera.

Até o momento, Cianorte registra sete casos de acidentes com escorpiões, sendo um deles com o óbito de uma criança de cinco anos, na região do Cianortinho e, além disso, contabiliza 172 casos notificados com suspeita de dengue e um comprovado, autóctone, no Setor 08. “É justamente para que Cianorte fique livre de índices como estes que a Prefeitura está empenhando esforços na coleta e destinação correta do lixo, como madeiras em geral; restos de materiais de construção; móveis e eletrodomésticos em desuso; galhadas; pneus, latas e outros recicláveis. Faça você também sua parte”, solicita a secretária de Meio Ambiente em exercício, Cristiane Roco.

Compartilhe: