Mutirão de limpeza contra o escorpião acontece no Seis Conjuntos

limpeza02Após ter percorrido grande parte dos bairros do município, as equipes da Prefeitura de Cianorte envolvidas com os mutirões de limpeza para eliminar os criadouros de escorpião e do Aedes aegypti, se concentram, desde a manhã desta segunda-feira (13), no Seis Conjuntos. A previsão das Secretarias de Serviços e Meio Ambiente é de que o trabalho de recolhimento dos resíduos dispostos na frente das residências dure até o final da próxima semana (24/11).

“Esta é a oportunidade dos moradores deste bairro de contarem com o auxílio do Governo Municipal para eliminar madeiras em geral; restos de materiais de construção, como telhas e tijolos; móveis e eletrodomésticos em desuso; pneus, latas e outros recicláveis; e deixarem suas casas livres da sujeira, de doenças e acidentes com escorpiões”, destaca o secretário municipal de Meio Ambiente, Guilherme Comar Schulz.

“Nesse sentido, é importante deixar claro que, depois do prazo estabelecido para a região, quem depositar estes resíduos nas calçadas, canteiros ou qualquer via pública estará sujeito à multa, conforme Código de Posturas do Município, além de outras penalidades, como em caso de prejuízo à saúde pública ou ao meio ambiente”, alerta o secretário de Serviços Municipais, Allan Marchini.

AGENDA – Nesta segunda-feira (13), as equipes envolvidas nos mutirões concluem a força-tarefa na Zona 02. No calendário ainda estão previstos mutirões nos Jardins Universitário e Atlântico e na região do Cianortinho.

CUIDADOS – Para garantir a segurança, é necessário utilizar luvas de borracha e sapatos fechados, além de manter as crianças afastadas da ação. Em caso de se deparar com o escorpião, a recomendação é que seja feita uma ação mecânica, com um objeto duro, que o mate. Já as larvas do Aedes aegypti morrem quando estão em ambiente sem água. Assim, caso encontre um recipiente com foco, basta eliminar a água, virando no chão, onde tenha terra ou grama. Mas atenção: nunca faça isso no ralo ou vaso sanitário, pois é preciso garantir a escassez da água para interromper o desenvolvimento do mosquito. Depois disso, é preciso realizar uma limpeza, com esponja, para soltar os ovos que possam estar grudados. (Texto e Fotos: ASCOM PMC)

limpeza01

Compartilhe: