Municípios da região assinam convênio Compra Direta

bongiorno-prefeitura2Foi assinado hoje (11), no Palácio do Iguaçú, em Curitiba o termo de cooperação do Programa de Aquisição de Alimentos – Compra Direta, com a participação de 311 cidades paranaenses. Serão investidos somente no primeiro semestre deste ano R$ 17 milhões na compra de alimentos produzidos por agricultores familiares, que serão repassados para entidades que atendem pessoas em vulnerabilidade social e insegurança alimentar e nutricional. Entre elas estão asilos, hospitais públicos, creches, Apaes, Provopar, Associações de Proteção à Maternidade e Infância.

Participam do programa 11 mil pequenos agricultores paranaenses e mais de 3 mil entidades sociais, o que corresponde a mais de 1,3 milhão de pessoas atendidas. “Isso prova a preocupação que temos para com nossos agricultores. Ações como essa com certeza beneficiarão milhares de paranaenses que precisam dessa ajuda”, disse o deputado Jonas Guimarães, que trabalhou pelo programa.

O prefeito de Cianorte, Claudemir Bongiorno, e outros prefeitos da região cianortense participaram do evento em Curitiba. “O Compra Direta fortalece os pequenos agricultores, promovendo o desenvolvimento econômico e social, e ainda oferece alimentos saudáveis na merenda escolar da rede municipal e estadual de ensino”, afirmou Bongiorno.

APLICAÇÃO – Para participar do programa, o agricultor familiar precisa estar no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Fazem parte do público prioritário trabalhadores rurais assentados, agroextrativistas, quilombolas, famílias atingidas por barragens e comunidades indígenas. Desde julho de 2013, o teto que cada agricultor pode conveniar por ano é R$ 5,5 mil. O pagamento é feito diretamente na conta do agricultor. De 2011 a 2013 foram aplicados R$ 76 milhões no Paraná.

Além dos prefeitos e deputados, também estiveram presentes o governador Beto Richa, o Secretário de Segurança Alimentar e Nutricional do ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Arnoldo de Campos, o secretário estadual do Emprego e Trabalho, Luiz Cláudio Romanelli, entre outros.

* Leia reportagem completa na edição impressa da Folha de Cianorte amanhã (13).

Texto: Juliano Secolo com Assessorias / Assessoria Prefeitura de Cianorte

Compartilhe: