Missa de Cinzas abre a Campanha da Fraternidade 2016

fraternidadeAs paróquias de Cianorte celebraram ontem (10) a Missa de Cinzas. O evento marca o início da Quaresma, período em que a Igreja chama os fiéis para se converterem e se prepararem para viver os mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo durante a Semana Santa.

A celebração também marca a abertura oficial da Campanha da Fraternidade, que neste ano tem como tema “Casa comum, nossa responsabilidade”.

Centenas de fiéis compareceram nas igrejas de Cianorte para receberem a imposição das cinzas – resultantes da queima dos ramos abençoados no Domingo de Ramos do ano anterior, misturados com água benta e aromatizados com incenso.- iniciando o período penitencial que representa os 40 dias que Cristo passou no deserto. O rito também tem o sentido de reconhecer a própria fragilidade e mortalidade, que precisa ser redimida pela misericórdia de Deus.

CAMPANHA – A Campanha da Fraternidade vem sendo organizada há mais de meio século pela Igreja Católica no Brasil, sendo um projeto sócio-pastoral, concentrado especialmente no período da quaresma de cada ano, que convoca os cristãos para um gesto de conversão, a partir de um desafio bem prático da vida da sociedade.

Desta forma, por tratar problemas que afetam a todos, a pretensão da Campanha da Fraternidade é envolver toda a sociedade no seu projeto. Além disso, neste ano, será realizada a Campanha da Fraternidade Ecumênica, que é realizada a cada cinco anos, desde o ano 2000, congregando outras Igrejas Cristãs e organismos nacionais e internacionais.

O tema “Casa comum, nossa responsabilidade” que norteia a campanha em 2016 busca encontrar juntamente com a sociedade, a construção de novas lógicas de relacionamento com o meio ambiente; a mobilização em favor da ampliação dos serviços de saneamento básico e, principalmente, a mudança de comportamento e de hábitos em relação a limpeza de casas e quintais.

Segundo a Diocese de Umuarama, todas as paróquias da região receberam formação sobre o tema, sendo que previsão é de aproximadamente 24 mil famílias tenham acesso a conteúdos sobre a Campanha da Fraternidade. De acordo com a Diocese, o objetivo é conscientizar a população, inclusive sobre os riscos da dengue, já que todos nós somos responsáveis pela limpeza de nossa casa.

Para a Igreja, a “Casa comum” que a Campanha aborda é o local em que vivemos como um todo, por isso que, apesar do tema central ser o saneamento básico, as ações vão muito além, abrangendo também, ruas, praças e o meio-ambiente como um todo, já que os bairros e cidades são casas comuns a toda a população, sendo assim, a campanha também buscará a conscientização quanto a destinação correta do lixo.

Texto: Juliano Secolo / Foto: Cléo Santos

Compartilhe: