Maringá recebe 66ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros


Entre os dias 04 e 11 de novembro, Maringá receberá a maior competição poliesportiva universitária do Brasil. A disputa irá reunir aproximadamente 4 mil atletas do país inteiro na cidade. Muito além de disputas entre equipes, os Jogos Universitários Brasileiros têm como objetivo fomentar a prática do esporte universitário com fins educativos e competitivos, além de possibilitar a identificação de talentos desportivos nas Instituições de Ensino Superior para o cenário esportivo nacional e internacional.

O presidente da CBDU, Luciano Cabral, acredita que o esporte seja a ferramenta fundamental para o desenvolvimento e transformação do País, além de representar uma oportunidade de formação educacional. “Em qualquer parte do mundo a formação esportiva ocorre dentro do ambiente educacional. Não precisamos criar nada de forma revolucionária, apenas entender esse processo que é mundial e adequar a realidade e cultura de nosso País”, esclarece.

O JUBs 2018 é uma realização da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura Municipal de Maringá e da Federação Paranaense de Desportos Universitários (FPDU). Patrocínio CBDU: Correios. Apoio CBDU: Gympass e SuperBolla. Parceria Institucional: Ministério do Esporte, Comitê Olímpico Brasileiro e Comitê Paralímpico Brasileiro.

OS JOGOS

Na fase final do JUBs 2018, serão disputadas 15 modalidades, entre individuais e coletivas. Entre elas estão as tradicionais provas de atletismo, atletismo paradesportivo, basquete, ciclismo, futsal, handebol, judô, natação, natação paradesportiva, vôlei e vôlei de praia, além dos jogos eletrônicos FIFA 2018, League of Legends e do JUBs acadêmico. A novidade esse ano é a inclusão do skate como modalidade, uma vez que o esporte entrou no programa olímpico e será disputado já em Tokyo 2020.

Além de valer título nacional, o JUBs fase final também serve como seletiva para os Jogos Universitários Sul-Americanos e para a Universíade, considerada a maior competição universitária do planeta. Bernardinho, Daiane dos Santos, Sarah Menezes, Joanna Maranhão, Alison Cerutti, Bruno Schmidt, Arthur Zanetti, Arthur Nory, Daniele Hypólito e Hugo Parisi são apenas alguns exemplos de atletas renomados que passaram pelo esporte universitário e nos representaram na Universíade.

INVESTIMENTO

A estimativa é que o JUBs movimente 12 milhões de reais em Maringá. No setor de hospedagem, 20 hotéis serão ocupados no decorrer da competição. Para receber os Jogos, Maringá foi avaliada dentro dos critérios: estrutura, capacidade, economia e localização devido ao grande porte do evento.

Luciano Cabral acredita que a cidade seja referência nacional e detentora de excelente infraestrutura para receber o JUBs 2018. “O Paraná é um dos estados mais importantes de nosso País, sendo um dos maiores em quantidade de instituições de ensino superior. Consideramos importante levar o maior evento do esporte universitário para Maringá e colocar o esporte educacional como pauta nas agendas de um dos principais centros de formação superior brasileiro. No mais, a cidade é bastante acolhedora, tem uma extraordinária relação com o esporte e contamos com apoio da Prefeitura, Governo do Estado e Ministério dos Esportes, fundamentais para realização dos Jogos deste ano”, complementou.

SOBRE A CDBU

A Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) é a entidade de administração do desporto universitário brasileiro, ou seja, é responsável pela gestão e organização das competições e eventos esportivos entre universitários de todo país.

Fundada em 9 de agosto de 1939, por acadêmicos e representantes de Federações Universitárias Estaduais e agremiações reunidos no Rio de Janeiro, a Confederação Brasileira do Desporto Universitário foi oficializada dois anos depois e, posteriormente, foi oficializado o desporto acadêmico e o reconhecimento da CBDU como gestora.

Fonte: Fabiana Barcelos  – Ares Comunicação

Compartilhe: