Mais de 1,2 mil servidores realizaram curso de combate à corrupção este ano


Para reforçar o combate à corrupção e a lavagem de dinheiro nos órgão públicos, o Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional da Secretaria Nacional de Justiça (DRCI/SNJ) capacitou neste ano 1,2 mil servidores que trabalham em instituições que se dedicam a coibir esses crimes.

Os seminários ocorreram em Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná, Roraima, Alagoas, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Brasília. As aulas são ministradas por especialistas da área, como magistrados, policiais civis e federais, integrantes do Ministério Público e da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), por exemplo.

Além da difusão de conhecimento, os cursos promovem a integração e a troca de experiências entre os órgãos participantes, criando laços de confiança e propiciando a organização do Estado no combate ao crime organizado.

O Programa Nacional de Capacitação e Treinamento para o Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro começou em 2004 e, de lá para cá, mais de 18 mil servidores se capacitaram para prevenir e erradicar esses crimes. Representantes internacionais oriundos do Peru, Paraguai, Bolívia, Colômbia e Angola também já participaram da iniciativa para compartilhar medidas que deram certo em seus países.

Fonte: Ministério da Justiça

Compartilhe: