Justiça no Bairro será aberto à participação da Amenorte

logo-social3

Em meio aos preparativos para receber, pela terceira vez, o Programa Justiça no Bairro em Cianorte, a comissão organizadora, em reunião realizada hoje (5), na sede do Provopar cianortense, começou a lidar com um novo desafio: estender o atendimento, que a exemplo dos anos anteriores, seria realizado para os moradores dos seis municípios da Comarca de Cianorte, para a população das 12 cidades da Amenorte.

“Voltado àqueles que mais precisam, este é um programa muito valoroso, que oferece atendimento jurídico e diversos serviços voltados ao cidadão, de maneira gratuita e humana. Como tivemos experiências maravilhosas nas outras duas edições, decidimos, junto à coordenadora do projeto, a desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, Joeci Machado Camargo, ampliar a  abrangência, beneficiando um número maior de pessoas”, contou a presidente de honra do Provopar, Fátima Bongiorno.

Para isso, as administrações municipais e circunscrições judiciárias dos integrantes da Amenorte serão notificadas pelo TJ-PR e podem optar pela participação ou não. “Para o público-alvo do programa, o Justiça no Bairro representa uma possibilidade única de colocar a vida em dia. Por isso, esperamos contar com a sensibilidade e o apoio de todas as prefeituras e comarcas para garantir o exercício pleno da cidadania”, destacou a secretária municipal de Assistência Social, Claudia Veloso Nunes Marchini.

Além disso, também foram discutidas questões logísticas, operacionais e orçamentárias para a ampliação do evento que, com o apoio do Sesc Cidadão, está marcado para os dias 22 e 23 de setembro e, assim como nas edições anteriores, terá estrutura no Complexo Esportivo da Unipar (ao lado da Prefeitura). Além de ceder o espaço, a universidade também contribuirá com a participação dos cursos de Direito, de Estética e de Educação Física, cujos coordenadores também integram a comissão organizadora.

Texto: Ascom Prefeitura de Cianorte

Compartilhe: