Itaipu e PTI participam do maior evento de divulgação científica do País

A usina e o parque são exemplos de como a ciência e a tecnologia podem estar a serviço da sociedade, transformando vidas

A Itaipu Binacional e o Parque Tecnológico Itaipu (PTI) participam da 16ª Semana Nacional da Ciência e Tecnologia, que acontece a partir desta segunda-feira (21) e vai até domingo (27), no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília (DF). São esperados mais de 20 mil visitantes.

Referência mundial em produção de energia limpa e renovável, a Itaipu foi convidada a participar do evento para mostrar à comunidade um pouco do que aplica em seu território de abrangência e, também, do que é desenvolvido no PTI. Muito além da teoria, a usina e o PTI são exemplos de como a ciência e a tecnologia podem estar a serviço da sociedade, transformando vidas.

Itaipu e PTI compartilham um estande no pavilhão, no qual é possível testar os óculos de realidade virtual para “conhecer” a usina, assistir ao novo filme institucional da Itaipu e participar de uma série de atividades propostas pelo PTI.

Alguns exemplos de atrações são Cadê o extraterrestre? (na qual os visitantes poderão entrar em contato com um meteorito e compreender as diferenças deste tipo de rocha extraterrestre com as rochas provenientes do nosso planeta); Carrinho movido a hidrogênio (que demonstra o processo de eletrólise); Carrinho movido por celular; Carrinho com sensor de cor; Energia das células (exposição de aplicativo com realidade aumentada); Construindo sólidos geométricos (com conectores impressos em 3D e palitos de bambu); e Disco de Newton (experimento que comprova a composição da cor branca).

“Dessa forma, Itaipu e PTI se aproximam do público mais jovem por meio de abordagens lúdicas, buscando despertar a criatividade, a atitude científica e a inovação no público visitante, além de proporcionar a interação com a sociedade”, afirma o diretor-geral brasileiro da usina, general Joaquim Silva e Luna.

O EVENTO

A 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) é o maior evento de divulgação científica do País e reúne todas as entidades vinculadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) em um espaço interativo, para mostrar a ciência que é feita no Brasil. É promovida pelo governo federal, por meio do MCTIC, com o objetivo principal de mobilizar a população, em especial os jovens, para atividades científico-tecnológicas, e para tentar popularizar a ciência.

A Semana de Ciência e Tecnologia foi criada em 2004, por decreto presidencial. Sua primeira edição aconteceu em outubro daquele ano. Em 2019, o tema é “Bioeconomia: diversidade e riqueza para o desenvolvimento sustentável”.

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia tem seu evento principal em Brasília, com experiências trazidas de várias partes do País. Em todos os Estados, porém, ocorrem eventos paralelos, numa grande rede formada por instituições publicas e privadas.

A ITAIPU

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,6 bilhões de MWh. Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh. Em 2018, a hidrelétrica foi responsável pelo abastecimento de 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 90% do Paraguai.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Paraná

Compartilhe: