Homem é preso ao importar munições pelos Correios

municoes

A Polícia Federal, em conjunto com a Receita Federal e os Correios, prendeu um homem no momento em que receberia uma encomenda contendo munições do tipo Radically Invasive Projectile (RIP) e carregadores para fuzil e pistolas.

O material foi detectado durante fiscalização conjunta no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, no último sábado (27) e tinha como destino final o bairro de Alphaville, em Barueri, região metropolitana de São Paulo.

Policiais federais acompanharam de forma velada o trajeto do material, que estava escondido no interior de caixas de equipamentos eletrônicos, até seu destinatário. Foram apreendidos 16 carregadores, sendo onze para fuzil AK47, quatro para pistola 9mm e um para .40; e 135 munições, de calibres 9mm e 7.62.

A PF identificou que quase a totalidade dos projeteis são do tipo R.I.P, que recebem esse nome em alusão ao alto poder de destruição e letalidade. O nome é também um trocadilho com a sigla de “Rest In Peace” (Descanse em Paz), expressão comum em inglês, significando óbito.

O preso foi indiciado por tráfico internacional de arma de fogo. Após os procedimentos de praxe, ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Texto e foto: Ascom PF

Compartilhe: