Greve dos bancários é a mais longa dos últimos anos

greve01

Hoje a greve nacional dos bancários empata em longa duração com a greve da categoria em 2013 que durou 23 dias. A atual paralisação começou no dia 6, sendo que em Cianorte os funcionários aderiram no dia 9. Houve uma negociação na última terça-feira (27), mas o sindicato não aceitou. Houve outra reunião  ontem em São Paulo. “Estamos acompanhando a negociação. Mas, por enquanto, não há indício de que a greve vai acabar”, comentou o presidente do Sindicato dos Bancários de Cianorte, Antônio Henrique Sobrinho.

Na região cianortense são 25 agências com 220 trabalhadores. A categoria mobiliza mais de 30 mil trabalhadoras no Paraná. No Brasil seriam mais de 13 mil agências paradas. O sindicalista informa que não há problemas para os clientes em Cianorte, como falta de dinheiro nos caixas eletrônicos.

A reportagem da Folha de Cianorte recebeu informações que não haveria envelopes para o depósito nos caixas eletrônicos das agências do Bradesco e HSBC. Sobrinho comentou que iria apurar, mas que o problema poderia ser temporário já que há alguns funcionários fazendo serviço interno e repondo esse tipo de material nos serviços automáticos.

O Procon-PR alerta que nenhum prejuízo pode ser imposto aos consumidores por causa da greve dos bancários. O órgão de defesa de consumidor orienta ainda que se alguém tiver qualquer prejuízo, deve formalizar reclamação no Procon, podendo também utilizar o site do órgão – www.procon.pr.gov.br – para reclamar.

PROPOSTA – A categoria recusou a proposta feita no final de agosto de reajuste de 6,5% no salário, o que não cobre a inflação. Uma nova oferta foi feita na última terça-feira, inclusive contemplando benefícios para 2017. Mas a categoria também rejeitou por não cobrir as perdas em relação à inflação.

GREVE DOS BANCÁRIOS
2012 – 8 dias
2013 – 23 dias
2014 – 6 dias
2015 – 21 dias

Texto e foto: Andye Iore / Folha de Cianorte

Compartilhe: