Grande Prêmio Petrobras de Energia Sustentável: uma disputa de tecnologia e eficiência energética

Entre os dias 23 e 27 de abril, o Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, terá uma competição diferente. No Grande Prêmio Petrobras de Energia Sustentável, a vitória será da equipe que demonstrar o melhor compromisso entre velocidade, resistência e eficiência energética. Disputada por veículos construídos por alunos de cursos de engenharia de todo o Brasil, a prova é um verdadeiro laboratório prático do desafio de projetar e construir um automóvel, gerir uma equipe e enfrentar os rigores de uma prova automobilística.

O Grande Prêmio Petrobras de Energia Sustentável sucede a Maratona da Eficiência Energética, disputada ininterruptamente entre 2004 e 2014”, explica o engenheiro e jornalista Alberto Andriolo, criador de ambos os eventos. A primeira edição teve nove faculdades participantes, número que foi crescendo até atingir 79 inscrições na mais recente. “Neste novo formato, temos a Petrobras como Patrocinador Master. É uma parceria valiosa e totalmente alinhada com nossa proposta de contribuir para a mobilidade e a sustentabilidade. Ao mesmo tempo, a presença da Petrobras aumenta nossa responsabilidade de organizar o evento de maneira altamente profissional.” Para a edição de 2018, já estão confirmadas as inscrições de universidades de seis estados: São Paulo, Minas Gerais, Maranhão, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O regulamento da prova prevê três categorias de automóveis: elétrico, a gasolina e a etanol. Todas têm em comum o objetivo de fazer o automóvel percorrer a maior distância possível utilizando a menor quantidade de energia ou combustível. “Os carros são projetados e construídos pelos próprios estudantes, com apoio e orientação dos professores, seguindo o regulamento técnico do GP”, prossegue Andriolo. Quanto mais baixo o peso do conjunto carro-piloto, maiores as chances de obter um bom índice de aproveitamento energético. Por isso, muitos carros são pilotados por mulheres. “O trabalho é intenso e muitas equipes de fora de São Paulo têm orçamento baixo. Criamos uma área de camping próxima a banheiros dotados de chuveiros elétricos para atender aos grupos masculinos e femininos, entre outras facilidades”, conta Andriolo.

O Grande Prêmio Petrobras de Energia Sustentável acontecerá entre os dias 23 e 27 de abril. Normalmente, os dois primeiros dias são dedicados à montagem do evento e vistorias técnicas. Nos outros três, os carros vão para a pista para treinos e ajustes, e também realizar uma tentativa diária. Feitas as três tentativas, a melhor marca garante o título de vencedor da categoria na competição. A programação completa da prova está sendo preparada conforme a confirmação de adesão dos participantes e será divulgada em breve.

Fonte: Assessoria de Imprensa: LetraNova Comunicação – Jornalista Responsável: Luiz Alberto Pandini

Compartilhe: