Governo licita R$ 76 milhões em equipamentos rodoviários

O Governo do Estado vai licitar R$ 76 milhões para compra de equipamentos rodoviários aos municípios paranaenses, anunciou a governadora Cida Borghetti, em encontro com os prefeitos, em Curitiba. “A iniciativa vai gerar economia e agilizar o atendimento às prefeituras que já têm convênios ou contratos celebrados com a administração estadual”, explicou a governadora. Foto:Jaelson Lucas / ANPr

O Governo do Estado vai licitar R$ 76 milhões para compra de equipamentos rodoviários aos municípios paranaenses, anunciou a governadora Cida Borghetti, em encontro com os prefeitos, em Curitiba. “A iniciativa vai gerar economia e agilizar o atendimento às prefeituras que já têm convênios ou contratos celebrados com a administração estadual”, explicou a governadora.

O pacote envolve a compra de motoniveladoras, rolos compactadores, caminhões, automóveis e veículos utilitários, entre outros equipamentos.

A autorização para o registro de preços foi assinada pelo secretário do Desenvolvimento Urbano, Sílvio Barros, durante reunião do Conselho do Paranacidade. “A economia será enorme em função da grande quantidade de equipamentos que serão adquiridos através de um único processo licitatório”, explicou o secretário.

MAIS RAPIDEZ

De acordo com Sílvio Barros, a determinação da governadora é aumentar a rapidez nos processos que já estão em andamento para que as prefeituras não sejam prejudicadas devido à burocracia e ao calendário eleitoral.

Pela lei eleitoral, o prazo máximo para que os prefeitos possam rodar os editais a tempo de fazerem a primeira medição e tocarem as obras é 22 de maio. “Portanto, há pouco tempo para se viabilizar procedimentos tão importantes para a população” disse o secretário.

A recomendação é, para quem está recebendo o edital, que verifique, depois, se o vencedor da sua licitação consegue entregar o equipamento até o dia 7 de julho, senão o pagamento vai ter que ficar parado até depois da eleição”, alertou Barros.

ACELERADOR

Silvio Barros garantiu que o governo está trabalhando com o pé no acelerador, mas pediu também a colaboração dos prefeitos para que seja dada prioridade aos processos que tiverem condições de serem viabilizados a fim de fazer com que os técnicos do Paranacidade possam dar continuidade à ação.

O prazo dos prefeitos é 7 de julho e o nosso é 22 de maio. Então, temos que correr para fazer com que esta proposta de municipalização da estrutura do estado, principalmente dos recursos que os mais que ninguém, sabem exatamente onde são necessários, possa ser efetivada com eficácia e rapidez”, afirmou o secretário.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: