Governo extingue Badep e encerra processo que se arrastava há 24 anos


O Governo do Estado concluiu o processo de extinção do Banco de Desenvolvimento do Paraná (Badep) após Assembleia Geral que aconteceu em 30 de julho deste ano. O banco estava em processo de liquidação ordinária desde 1994.

Durante a assembleia foi aprovado o balanço de liquidação e encerramento que autorizou o processo de extinção da instituição, diante da aprovação da prestação final de contas.

Todos os trabalhos foram acompanhados por uma auditoria independente que emitiu parecer favorável ao processo de liquidação e sem ressalvas.

Com essas medidas o Estado encerrou um processo que se arrastava há mais de 24 anos e deixou de administrar um banco que estava sob liquidação, cortando seus gastos administrativos e custos de manutenção.

Após a conclusão da extinção, foram transferidos ao Estado imóveis e terrenos que ultrapassam o valor de R$ 55 milhões, além de R$ 25 milhões em adiantamento em espécie e bens e outros R$ 3,5 milhões do saldo remanescente, totalizando R$ 83,5 milhões em ativos para o Estado.

O Paraná também recebeu a transferência de uma carteira de créditos vencidos com cerca de 500 contratos que se encontram sob cobrança judicial administrada pela Procuradoria Geral do Estado (PGE).

A liquidação ordinária do Badep ocorreu em 1994, com a cessação do processo de liquidação extrajudicial, por ato do Banco Central (Ato nº 75, de 08/8/94) e convolação para o regime de liquidação ordinária, nos termos do artigo 208 da Lei nº 6.404/76 (Lei das S.A.), o que significa que o Banco Central deixou a administração do Badep, devolvendo a instituição ao seu acionista, o Estado do Paraná.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná / Imagem Ilustrativa

Compartilhe: