Ferramenta ajuda denunciar abuso nos preços do combustível

gasolinaO Procon-PR disponibilizou uma ferramenta pela qual os consumidores podem denunciar eventuais abusos nos preços dos combustíveis, em função da greve dos caminhoneiros.

Na página do Procon estadual já disponível o link “abuso nos preços dos combustíveis”. O link pode ser acessado, também, na página da Secretaria Estadual da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos – www.justica.pr.gov.br.

Ao acessar a ferramenta o consumidor deverá informar o nome, e-mail e relatar qual a irregularidade encontrada. Poderá, ainda, anexar documentos, como fotos, vídeos, nota ou cupom fiscal, que serão utilizados na abertura do processo administrativo pelo Procon-PR.

EVITAR ABUSOS – De acordo com a diretora do Procon-PR, Cláudia Silvano, a ferramenta que está disponível no site tem como objetivo identificar e evitar, com a ajuda dos consumidores, abusos que podem gerar danos a toda a coletividade.
Por exemplo, a paralisação dos caminhoneiros tem levado alguns estabelecimentos a cobrar até R$ 5,00 pelo litro do combustível, especialmente no interior do estado.

Além disso, o Procon-PR, junto com a Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção do Consumidor (Delcon) e os Procons municipais do Paraná estão fiscalizando e apurando abusos cometidos por alguns estabelecimentos.

Texto: AE-PR / Imagem ilustrativa

Compartilhe:

Ferramenta ajuda denunciar abuso nos preços do combustível

gasolinaO Procon-PR disponibilizou uma ferramenta pela qual os consumidores podem denunciar eventuais abusos nos preços dos combustíveis, em função da greve dos caminhoneiros.

Na página do Procon estadual já disponível o link “abuso nos preços dos combustíveis”. O link pode ser acessado, também, na página da Secretaria Estadual da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos – www.justica.pr.gov.br.

Ao acessar a ferramenta o consumidor deverá informar o nome, e-mail e relatar qual a irregularidade encontrada. Poderá, ainda, anexar documentos, como fotos, vídeos, nota ou cupom fiscal, que serão utilizados na abertura do processo administrativo pelo Procon-PR.

EVITAR ABUSOS – De acordo com a diretora do Procon-PR, Cláudia Silvano, a ferramenta que está disponível no site tem como objetivo identificar e evitar, com a ajuda dos consumidores, abusos que podem gerar danos a toda a coletividade.
Por exemplo, a paralisação dos caminhoneiros tem levado alguns estabelecimentos a cobrar até R$ 5,00 pelo litro do combustível, especialmente no interior do estado.

Além disso, o Procon-PR, junto com a Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção do Consumidor (Delcon) e os Procons municipais do Paraná estão fiscalizando e apurando abusos cometidos por alguns estabelecimentos.

Texto: AE-PR / Imagem ilustrativa

Compartilhe: