Ex-aluna da UEM/Cianorte ganha prêmio gringo

natalia-siteNatalia Vechiatto Feitoza e Silva, 28 anos, está sorrindo à toa e mais perto de realizar o sonho de ter sua própria marca de roupas. E com merecimento. A ex-aluna do curso de Moda, do campus de Cianorte, da Universidade Estadual de Maringá (UEM), foi a vencedora do WGSN Fashion Awards Globais 2015, na categoria de jovens estilistas, no segmento activewear. A final do concurso foi realizada na última quinta-feira (14, foto), em Londres, na Inglaterra. A premiação foi um troféu, US$ 20 mil em benefícios e mais uma oportunidade de trabalhar com a Invista, uma das principais empresas têxteis do mundo. “Este prêmio representa muito para mim”, considera a premiada já de volta ao Brasil. “É praticamente o Oscar da moda. Fui reconhecida como um jovem talento da moda de um prêmio mundial”.

Os dez finalistas mundiais do concurso foram anunciados no final de fevereiro pela internet. Nátalia Feitoza era a única brasileira. Ela sempre participou de concursos quando estudava em Cianorte e planejou sua carreira com uma conquista nesses eventos que oferecem oportunidades aos estudantes. A final aconteceu num jantar de gala e depois uma festa no do The Park Lane Hotel, em Londres. A vitória foi com looks para activewear baseados em seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), inspirada no tema “Trama Tropical”.

Natalia Feitoza terminou o curso na UEM em 2013 e mora em Teodoro Sampaio (SP) onde deve colocar seus projetos pessoais e profissionais em prática em breve. A premiada internacional dá sua dica para quem busca realizar seus sonhos: “Façam de sua profissão aquilo que enche seu rosto e seu coração de alegria, pois ali mora o segredo do seu sucesso. Acredite em você, acredite em seus sonhos, você pode fazer toda a diferença”.

CIANORTE – O jornal Folha de Cianorte entrevistou Natalia Feitoza em março para falar sobre ser finalista de um concurso internacional. Na oportunidade, ela valorizou o trabalho dos professores e explicou porque escolheu estudar na UEM. “Por ter campus de umas das melhores universidades do Brasil. Por ser uma cidade em que setor de vestuário é bem desenvolvido e também por ter grandes empresas de vestuário reconhecidas no Brasil, onde eu pudesse trabalhar e crescer na minha carreira”, citou.

* Leia entrevista com Natalia Feitoza feita em março.

Texto: Andye Iore / Foto: Acervo pessoal

Compartilhe:

Ex-aluna da UEM/Cianorte ganha prêmio gringo

natalia-siteNatalia Vechiatto Feitoza e Silva, 28 anos, está sorrindo à toa e mais perto de realizar o sonho de ter sua própria marca de roupas. E com merecimento. A ex-aluna do curso de Moda, do campus de Cianorte, da Universidade Estadual de Maringá (UEM), foi a vencedora do WGSN Fashion Awards Globais 2015, na categoria de jovens estilistas, no segmento activewear. A final do concurso foi realizada na última quinta-feira (14, foto), em Londres, na Inglaterra. A premiação foi um troféu, US$ 20 mil em benefícios e mais uma oportunidade de trabalhar com a Invista, uma das principais empresas têxteis do mundo. “Este prêmio representa muito para mim”, considera a premiada já de volta ao Brasil. “É praticamente o Oscar da moda. Fui reconhecida como um jovem talento da moda de um prêmio mundial”.

Os dez finalistas mundiais do concurso foram anunciados no final de fevereiro pela internet. Nátalia Feitoza era a única brasileira. Ela sempre participou de concursos quando estudava em Cianorte e planejou sua carreira com uma conquista nesses eventos que oferecem oportunidades aos estudantes. A final aconteceu num jantar de gala e depois uma festa no do The Park Lane Hotel, em Londres. A vitória foi com looks para activewear baseados em seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), inspirada no tema “Trama Tropical”.

Natalia Feitoza terminou o curso na UEM em 2013 e mora em Teodoro Sampaio (SP) onde deve colocar seus projetos pessoais e profissionais em prática em breve. A premiada internacional dá sua dica para quem busca realizar seus sonhos: “Façam de sua profissão aquilo que enche seu rosto e seu coração de alegria, pois ali mora o segredo do seu sucesso. Acredite em você, acredite em seus sonhos, você pode fazer toda a diferença”.

CIANORTE – O jornal Folha de Cianorte entrevistou Natalia Feitoza em março para falar sobre ser finalista de um concurso internacional. Na oportunidade, ela valorizou o trabalho dos professores e explicou porque escolheu estudar na UEM. “Por ter campus de umas das melhores universidades do Brasil. Por ser uma cidade em que setor de vestuário é bem desenvolvido e também por ter grandes empresas de vestuário reconhecidas no Brasil, onde eu pudesse trabalhar e crescer na minha carreira”, citou.

* Leia entrevista com Natalia Feitoza feita em março.

Texto: Andye Iore / Foto: Acervo pessoal

Compartilhe: