Estudante de Cianorte fica entre os finalistas do Programa Geração Atitude 2018

Caravana da Cidadania desembarcou em Curitiba esta semana com novas ideias ao legislativo paranaense

Orientações para a escolha de profissões, questões ambientais, apoio psicológico aos estudantes, produção de energia limpa… As necessidades, as aflições, as urgências e parte da realidade desejada pelos estudantes do Paraná foram materializadas através do Geração Atitude 2018, que obteve um recorde de mais de 500 inscritos: os 32 finalistas desembarcaram em Curitiba para a reta final do programa.

A Caravana da Cidadania chegou à capital trazendo o empenho e a motivação destes jovens classificados para verem seus sonhos debatidos na Assembleia Legislativa do Paraná.

CIANORTE

Cianorte tem uma história especial com o projeto Geração Atitude. Foi no ano de 2016 que o projeto se tornou lei estadual, por meio de proposta da estudante Ingrid Ribeiro Serafim de Souza, do Colégio Estadual Itacelina Bittencourt. Na ocasião, a estudante foi recebida pelo deputado Jonas Guimarães em Curitiba.

Nesta edição do Geração Atitude, mais um aluno de Cianorte chegou entre os 32 finalistas do projeto: o estudante Vitor Mendes Gomes, 17, também do Colégio Estadual Itacelina Bittencourt. O estudante chegou lá com um projeto de lei que “estabelece a realização de palestras sobre Primeiros Socorros nas instituições de ensino”, sob orientação da professora Solange Mezavilla Fontes.

Já sofri um acidente na escola, e tive um corte profundo nas mãos, perdi muito sangue. Naquele momento, ninguém soube o que fazer comigo, o que poderia evitar determinados problemas”, disse o estudante. Finalizando, Vitor falou sobre a importância da política. “É importante conhecer e entender de política, pois são eles que guiam o nosso futuro e detém o poder. Temos de conhecer, entender e fiscalizar”, disse.

Ficamos muito orgulhosos por ser um projeto vindo de uma estudante cianortense, e é de extrema importância, pois coloca o jovem não apenas como espectador, mas também como um membro atuante na sociedade e na Assembleia Legislativa”, disse o deputado Jonas Guimarães.

Vitor está no 2º ano do Ensino Médio e ainda está com dúvidas sobre o caminho que irá trilhar no futuro: ciências da computação ou bombeiro. “Tenho bastante afinidade com a computação, então acho que me daria bem na área. Também tenho o sonho de ser bombeiro, pois gosto de ajudar os outros… é um trabalho muito humanizado”, finalizou o estudante.

PARTICIPAÇÃO RECORDE

Uma iniciativa que tem contagiado cada vez mais estudantes. “No ano de 2017 tivemos aproximadamente 270 projetos e esse ano registramos um boom de 494. Foi muito positivo, uma participação muito expressiva”, contabilizou a Coordenadora das Instâncias Colegiadas e Ações para Juventude da Secretaria Estadual de Educação, Eliana Zilio Santana.

De acordo com a Coordenação das Instâncias Colegiadas e Ações para Juventude [CICAJ/SEED], o Núcleo Regional de Educação de Cianorte teve 38 Projetos de Lei inscritos, de sete instituições de ensino: Colégio Estadual Itacelina Bittencourt; Centro Estadual de Educação Profissional de Cianorte – CEEP; Colégio Estadual Dom Bosco; Colégio Estadual Cianorte; Colégio Estadual São Lourenço; Colégio Estadual Primo Manfrinato e Colégio Estadual Iglea Grollmann.

RESULTADO

Foram dois os projetos vencedores da edição 2018 do Geração Atitude. Os alunos secundaristas Luiz Augusto Rodrigues, de Ponta Grossa, e João Pedro Leal, de Boa Esperança, viram suas propostas, muito similares entre si, escolhidas entre os 32 projetos finalistas. Os projetos premiados tratam de um assunto muito comum entre os jovens: a exposição indevida de imagens de colegas nas redes sociais.

Luiz Augusto, do Colégio Estadual João Ricardo Van Borel, orientado pela professora Genice Bratti, ficou surpreso com a escolha de seu projeto, denominado “Minha Imagem”, elaborado para gerar consciência entre os alunos sobre o bom uso das redes sociais, sem que se causem constrangimentos e embaraços a terceiros. “Ele visa o âmbito escolar, pincipalmente, propondo palestras, ações a abordagens que alertem”, explica, ressaltando que a exposição é ilegal e criminosa.

Já João Pedro, orientando da professora Mara Garófalo, do Colégio Estadual Vicente Leporace, e autor do projeto que cria o “Programa Ética nas Redes Sociais”, se disse honrado com o prêmio que recebeu, além de entusiasmado com a possibilidade de ver sua iniciativa virar lei. “Estou muito surpreso e feliz, muito grato ao Geração Atitude”, afirmou, estendendo as felicitações à Caravana da Cidadania, que trouxe os 32 alunos finalistas e seus professores a Curitiba.

Segundo o governador eleito, deputado Ratinho Junior, a união dos três Poderes e o envolvimento deles num projeto pensado para a nova geração, é inovadora e acompanha os anseios da juventude. “É importante para mostrar de maneira clara como funcionam os Poderes e convidar a toda a sociedade a participar das decisões que afetam a todos”, explicou.

O deputado estadual Jonas Guimarães parabenizou os projetos premiados e também o representante cianortense. “Realmente são projetos muito bons, e são merecedores do prêmio, mas também não podemos deixar de agradecer e congratular o Vitor, nosso cianortense, que fez um grande trabalho. Haviam muitos projetos bons que, claro, podem ser debatidos por nós, representantes da sociedade”, afirmou o deputado Jonas Guimarães.

ROTEIRO

A Caravana da Cidadania desembarcou em Curitiba nesta segunda-feira (19) e vai até sexta-feira (23). Dentre as atividades, os 32 estudantes finalistas do projeto conhecerão a Assembleia Legislativa, o Palácio Iguaçu e a Casa Civil, o Tribunal de Justiça, o Ministério Público e também outros pontos turísticos, como o Jardim Botânico e o Museu Oscar Niemeyer. (Com informações da Assessoria/Alep.)

Fonte: Assessoria de Comunicação Social Regional do Deputado Estadual Jonas Guimarães

Compartilhe: