Estradas estaduais tem 127 acidentes e 7 mortes no Carnaval

operacao carnavalDurante a Operação Carnaval – iniciada na sexta (5) e encerrada na manhã de ontem (10) – foram registrados 127 acidentes, com 129 feridos e sete mortes nos cerca de 12 mil quilômetros de rodovias estaduais do Paraná.

Neste período, o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) reforçou o policiamento, com prioridade para a prevenção de acidentes e infrações, como excesso de velocidade, embriaguez ao volante e ultrapassagem em locais proibidos. Além das ações de fiscalização, os policiais entregara material educativo aos motoristas.

Dos acidentes registrados no Estado, 16 aconteceram no Litoral. De acordo com balanço da Polícia Rodoviária Estadual, houve ainda três atropelamentos, seis prisões por embriaguez ao volante, 161 veículos retidos por irregularidades e ou pendências administrativas, além de 2.112 autuações de trânsito, 8.964 imagens por radar e a realização de 2.335 exames etilométricos (com o uso do bafômetro).

Na Operação Carnaval de 2015, foram registrados 127 acidentes de trânsito, com quatro mortes e 130 pessoas feridas. Foram quatro atropelamentos, 1.431 testes etilômétricos, 15 prisões por embriaguez ao volante, 136 veículos retidos, 1.798 imagens por radar e 1.627 autuações de trânsito.

“Sobre o aumento das mortes, é preciso destacar que somente um acidente ocasionou três óbitos, o que contribuiu consideravelmente para o aumento no índice”, ressalta o capitão do Batalhão de Polícia Rodoviária Cristiano Carrijo Gonçalves Mota. “Reforçamos as atividades educativas nos Postos Rodoviários com a distribuição de folders e materiais para conscientizar os condutores e passageiros sobre a importância do respeito à sinalização e à legislação de trânsito”, destacou.

O capitão reforça que as pessoas que ainda vão retornar para suas cidades de origem devem redobrar o cuidado na estrada. “Os motoristas devem trafegar com atenção redobrada. Na pressa de voltar para casa, muitos se descuidam se envolvem em acidentes”, salientou.

Ele alerta que a situação que mais mata no trânsito é a colisão frontal. Das sete mortes que aconteceram nas estradas neste Carnaval, quatro ocorreram neste tipo de acidente.

LITORAL – Somente no Litoral Paranaense os policiais rodoviários atenderam 16 acidentes, com 11 feridos. Foram realizados 327 testes etilômétricos, quatro prisões por embriaguez ao volante, 84 autuações gerais e registradas 1.707 imagens por radar. No Carnaval do ano passado, houve 11 acidentes na região, com oito pessoas feridas. Foram 128 testes com etilômetros, duas pessoas presas por dirigirem embriagadas, 149 autuações de trânsito e 506 imagens por radar.

De acordo com o capitão Carrijo, a imprudência, o consumo de bebidas alcoólicas antes de dirigir, o excesso de velocidade, a ultrapassagem em local proibido e o desrespeito às leis de trânsito são os principais fatores que causam acidentes com mortes.

“Por isso, o Batalhão de Polícia Rodoviária intensificou a ação preventiva com radares móveis em pontos visíveis e fez testes com bafômetros em diversos pontos. No Litoral, por exemplo, reforçamos as ações nas proximidades dos pontos entrada e saída dos eventos e bailes de Carnaval, explica.

Texto e foto: AE-PR

Compartilhe: