Estado apoia municípios na melhoria de 17 mil km de estradas rurais

Reparos em estradas rurais pela Patrulha do Campo .Alvorada do Sul,25/07/2013. Foto - Antonio Costa

O Governo do Paraná investiu, desde 2011, R$ 204 milhões em várias iniciativas para apoiar os municípios na tarefa de manter em boas condições as estradas rurais. Foram cerca de 17.721 quilômetros de vias recuperadas, por meio de ações como o repasse de máquinas e equipamento pesado, óleo diesel e pavimentação com pedras irregulares. “Este é um exemplo do apoio do nosso governo a quem trabalha e produz riquezas para o Estado”, afirma o governador Beto Richa.

O secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, explica o objetivo das ações do Estado é trabalhar a adequação por meio de princípios conservacionistas que integrem as práticas rurais. “Fazemos tudo dentro de praticas conservacionistas, olhando para as lavouras e propriedades, o fluxo da água, para que a estrada não prejudique a plantação e vice-versa. Isso traz mais durabilidade às estradas, facilidade de escoar a safra e movimentar insumos, além de desenvolvimento para a área rural”, afirmou o secretário.

Segundo Ortigara, o Paraná tem uma malha municipal não pavimentada extensa, de cerca de 200 mil quilômetros, que são de responsabilidade das prefeituras. “Diante das dificuldades que as prefeituras enfrentam para manter as estradas rurais, criamos cooperações para auxiliar nessa manutenção. Sabemos da importância dessas vias para a população que mora no campo e, também, para levar os produtos à cidade”, explicou ele.

A recuperação e melhoria das estradas rurais resulta em mais segurança e conforto à população que utiliza as vias. No município de Tamarana, no Norte Central, cerca de 52% da população mora em área rural e vive da agricultura familiar. O prefeito da cidade, Beto Siena, informa que mais de 40 quilômetros de estradas rurais foram recuperadas em parceria com o Governo do Paraná, e isso tem mudado a rotina dos agricultores que precisam escoar diariamente a sua produção.

Isso facilitou a vida dessas famílias, não só para escoar a produção mas também para o deslocamento até a escola, aos postos de saúde, ao comércio, mesmo quando está chovendo. Seria impossível recuperar essas vias sem o apoio do Governo do Estado”, afirmou.

PATRULHA RURAL – Criado em 2013 pelo Governo do Estado, o programa de patrulhas rurais disponibiliza maquinário pesado para que as prefeituras executem a adequação e modernização de vias que chegam nas localidades agrícolas dos municípios. Em janeiro deste ano, em Irati, foram concluídas as melhorias na estrada que vai da BR-364 até Pirapó, e desta localidade até o distrito de Guamirim. Ao todo foram executados 12 quilômetros de obras, englobando alargamento de estrada, patrolamento e adequação geral da via.

O prefeito de Irati, Jorge Derbli, destacou o olhar especial de toda a equipe do Estado à região. “Uma equipe que está sempre olhando pela nossa região. O ano que passou foi um período de muitos desafios, mas também, de ótimas garantias para o desenvolvimento da nossa terra, que esperamos concretizar ao longo deste ano”, declarou.

PRÓ-RURAL – O programa Renda e Cidadania no Campo (Pró-Rural), também apoia a adequação e manutenção de estradas rurais. Em 2016, o projeto financiou a compra de nove patrulhas rurais, compostas por equipamentos como caminhões, pás carregadeiras, motoniveladoras, escavadeiras hidráulicas, tratores de esteiras e rolos compactadores.

Com investimento de R$ 23,6 milhões, os equipamentos foram repassados a consórcios municipais que estão executando as obras. São 131 municípios beneficiados. O chefe do Departamento de Desenvolvimento Rural Sustentável (Deagro), da Secretaria da Agricultura, Richardson de Souza, informa que o Estado também garante apoio financeiro para a manutenção das máquinas.

Em 2017, o Pró-Rural aprovou um total de R$ 14,6 milhões para 41 projetos produtivos. Os recursos são repassados às associações e cooperativas de agricultores familiares para execução dos projetos aprovados.

O objetivo é estimular a produção primária e agroindustrial, agregando valor aos produtos oriundos da agricultura familiar”, afirmou Souza. O programa conta com financiamento do Banco Mundial é direcionado aos municípios localizados nas áreas mais pobres do Estado.

Em 2018, o governo vai entregar mais sete patrulhas rurais, com investimentos de R$ 20,6 milhões. Nesta semana, o Estado também recebeu 36 máquinas pesadas para recuperação e manutenção de estradas rurais, que estão sendo direcionadas a municípios do interior. Os equipamentos foram comprados com recursos da União (R$ 14,3 milhões) a partir de emendas da bancada federal paranaense no Congresso.

PEDRAS – Outra ação realizada pelo governo estadual é para a pavimentação de estradas rurais com pedras irregulares. São 285 quilômetros de obras concluídos e 42 quilômetros em execução, com investimento de R$ 50 milhões.

Outros 25 quilômetros de vias recebem pavimentação de blocos sextavados de concreto. Os recursos são destinados para as prefeituras, por meio de convênio, pela Secretaria de Estado da Infraestrutura e Logística. Até o momento, 133 municípios receberam obras nesta modalidade.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: