Engenheiro Beltrão inaugura abrigo com apoio de concessionária

eng beltrao 2Com 670 metros quadrados de área construída, o Abrigo Joaquim Viana Pereira Filho foi entregue oficialmente na tarde do último domingo (12) em Engenheiro Beltrão, município de 14 mil habitante. A entidade, que é mantida pela Associação Beneficente Dr. Hugo Dehe e vai beneficiar de 20 a 30 crianças e adolescentes de zero a dezoito anos em situação de risco, foi concluída após receber um aporte de recursos da concessionária de rodovias Viapar.

Eugênio Camargos, diretor da empresa, explica que um total de R$ 328 mil foi repassado à Associação. O dinheiro é fruto de um subcrédito previsto em financiamentos realizados junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que exige sua destinação a obras de apoio social. “Um projeto detalhado foi apresentado ao banco em 2013, que o aprovou no início deste ano”, conta Camargos.

O diretor acompanhou o presidente da concessionária, Marcelo Machado, à solenidade de inauguração, que reuniu autoridades e convidados de Engenheiro Beltrão e de outros dois municípios da mesma comarca, Quinta do Sol e Fênix, que também serão beneficiados pela entidade.

A presidente da Associação, a dentista Geni Tsuzuki, relata que a mobilização para construir o abrigo começou em maio de 2011, logo após o fechamento de um outro abrigo na cidade. “Houve um grande envolvimento das lideranças para angariar recursos e executar a obra”, cita. Até o final do ano passado, o prédio instalado em terreno cedido pelo município estava ainda apenas na fase de reboco, sem previsão para ficar pronto. Até então, a diretoria da entidade havia conseguido um total de R$ 426 mil.

O promotor público José Pereira Pio Abreu, integrante da comissão, lembra que a Viapar já havia doado um veículo zero quilômetro anteriormente, para ajudar na arrecadação. “Ficamos sabendo da possibilidade de contar com os recursos do programa do BNDES num contato com a assessora jurídica da Viapar, Wanessa Morzelle”, acrescenta.

Ao pronunciar-se durante a cerimônia, o presidente da Viapar, Marcelo Machado, agradeceu pela “oportunidade de participar de um projeto maravilhoso”, salientando que mais importante do que a estrutura “são as pessoas que vão passar por aqui”. Machado chamou atenção para o fato de que começa agora um desafio tão difícil quanto construir o abrigo: mantê-lo. “Fazemos votos de que ele atinja aos seus objetivos e seja um grande sucesso”, pontuou.

Texto e foto: Assessoria da Viapar

Compartilhe:

Engenheiro Beltrão inaugura abrigo com apoio de concessionária

eng beltrao 2Com 670 metros quadrados de área construída, o Abrigo Joaquim Viana Pereira Filho foi entregue oficialmente na tarde do último domingo (12) em Engenheiro Beltrão, município de 14 mil habitante. A entidade, que é mantida pela Associação Beneficente Dr. Hugo Dehe e vai beneficiar de 20 a 30 crianças e adolescentes de zero a dezoito anos em situação de risco, foi concluída após receber um aporte de recursos da concessionária de rodovias Viapar.

Eugênio Camargos, diretor da empresa, explica que um total de R$ 328 mil foi repassado à Associação. O dinheiro é fruto de um subcrédito previsto em financiamentos realizados junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que exige sua destinação a obras de apoio social. “Um projeto detalhado foi apresentado ao banco em 2013, que o aprovou no início deste ano”, conta Camargos.

O diretor acompanhou o presidente da concessionária, Marcelo Machado, à solenidade de inauguração, que reuniu autoridades e convidados de Engenheiro Beltrão e de outros dois municípios da mesma comarca, Quinta do Sol e Fênix, que também serão beneficiados pela entidade.

A presidente da Associação, a dentista Geni Tsuzuki, relata que a mobilização para construir o abrigo começou em maio de 2011, logo após o fechamento de um outro abrigo na cidade. “Houve um grande envolvimento das lideranças para angariar recursos e executar a obra”, cita. Até o final do ano passado, o prédio instalado em terreno cedido pelo município estava ainda apenas na fase de reboco, sem previsão para ficar pronto. Até então, a diretoria da entidade havia conseguido um total de R$ 426 mil.

O promotor público José Pereira Pio Abreu, integrante da comissão, lembra que a Viapar já havia doado um veículo zero quilômetro anteriormente, para ajudar na arrecadação. “Ficamos sabendo da possibilidade de contar com os recursos do programa do BNDES num contato com a assessora jurídica da Viapar, Wanessa Morzelle”, acrescenta.

Ao pronunciar-se durante a cerimônia, o presidente da Viapar, Marcelo Machado, agradeceu pela “oportunidade de participar de um projeto maravilhoso”, salientando que mais importante do que a estrutura “são as pessoas que vão passar por aqui”. Machado chamou atenção para o fato de que começa agora um desafio tão difícil quanto construir o abrigo: mantê-lo. “Fazemos votos de que ele atinja aos seus objetivos e seja um grande sucesso”, pontuou.

Texto e foto: Assessoria da Viapar

Compartilhe: