Emissão digitalizada agiliza entrega de documentos de veículos

Reunião no Palácio Iguaçu, nesta quinta-feira (05), o Governo do Estado anunciou medidas sobre a emissão de documentos de veículos por despachantes será digitalizada e certificada pelo Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR), vai aumentar a segurança do procedimento, diminuir a necessidade de envio de documentos físicos para armazenamento no Departamento e agilizar a entrega da documentação para os proprietários de veículos e, também pais e estudantes da rede estadual de ensino poderão consultar e imprimir boletins escolares e declaração de matrículas, além de atualizar informações pessoais nos 282 totens de autoatendimentos do Detran em 172 municípios. - Curitiba, 05/07/2018. - Foto: Ricardo Almeida/ANPr

A emissão de documentos de veículos por despachantes será digitalizada e certificada pelo Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR). A medida anunciada nesta quinta-feira (5) no Palácio Iguaçu, em Curitiba, vai aumentar a segurança do procedimento, diminuir a necessidade de envio de documentos físicos para armazenamento no Departamento e agilizar a entrega da documentação para os proprietários de veículos.

O despachante fica responsável por reunir, digitalizar e enviar a documentação ao Detran. Isso desburocratiza o processo e dá agilidade ao serviço prestado”, diz o diretor-geral do Detran, Marcello Alvarenga Panizzi.

A partir de agora, fica dispensada a entrega física da documentação para determinados processos e os despachantes podem finalizar as tratativas em seus próprios escritórios.

Serviços como o primeiro emplacamento, alteração de endereço, segunda via do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), Certidão de Débitos, Comunicado de Venda e Certidão de Registro de Propriedade do Veículo poderão ser digitalizados e certificados pelos despachantes de trânsito.

A legislação de trânsito ainda requisita a entrega de alguns documentos físicos para determinados processos. Neste caso, receberemos o material digitalizado para agilizar o encaminhamento do pedido e, depois, receberemos o material impresso. Essa desburocratização reduz o tempo que o cidadão precisa esperar para receber o documento”, explicou o coordenador de Veículos do Detran, Rafael Benvenutti.

O processo está em fase de teste assistido e a previsão é que esteja liberado nos próximos 30 dias. A medida também deve gerar economia ao Detran-PR. Atualmente, o Departamento precisa manter depósitos de arquivamento de documentos, que devem ser guardados por pelo menos cinco anos, conforme a legislação de trânsito. “Com a digitalização, cerca de 95% desses documentos não precisarão ser mantidos. Eles ficam sob responsabilidade dos despachantes”, explica Benvenutti.

O presidente do Sindicato dos Despachantes do Estado do Paraná (Sindepar), Everton Calamucci, aprova a iniciativa. Ele disse que o Detran do Paraná continua sendo o melhor do Brasil no atendimento ao contribuinte. “Esse é um passo fundamental para a administração pública que moderniza e agiliza a emissão dos documentos. O tempo será drasticamente diminuído e o trabalho ainda mais eficiente”, declarou Calamucci.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: