Desenvolvimento sustentável deve envolver os 399 municípios

agenda 2030Uma proposta de municipalização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), abrangendo as 399 cidades paranaenses, foi destaque no Leader’s Summit 2017, evento que ocorreu paralelamente a 72a. Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), realizada em setembro, em Nova York. A ideia é que o Paraná seja o primeiro estado totalmente comprometido com a Agenda 2030.

Os avanços do Paraná na implantação dos ODS foram apresentados pela vice-presidente do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social do Paraná (Cedes), Keli Cristina de Souza Gali Guimarães. “Sabemos exatamente o Paraná que queremos em 2030”, afirma ela. “Estamos trabalhando para chegar lá, sem deixar ninguém para trás”.

De acordo com Keli Guimarães, o conselho, em parceria com a Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar) e o Instituto Paranaenses de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), está desenvolvendo uma plataforma de Business Intelligence para estabelecer quais metas serão prioritárias para o Estado.

Ela destacou ainda que as parcerias firmadas no Paraná permitem a incorporação da agenda global nas diferentes instituições estaduais e municipais. “Estamos dispostos a reforçar as parcerias multissetoriais e continuar apoiando cada vez mais a expansão e as iniciativas do Programa Cidades em nosso Estado”, declarou ela.

EXEMPLOS – Como exemplo de ação de instituições citou a Secretaria da Fazenda, que de forma inédita incluiu os ODS no orçamento do Paraná, e o Tribunal de Contas do Estado (TCE), que passará a desenvolver métodos de acompanhamento da evolução dos indicadores e a introdução dos 17 objetivos na avaliação das contas anuais do governo, conforme acordo firmado em 2016.

A promoção de ações da agenda da ONU também tem apoio da Copel. O presidente da empresa, Antônio Sérgio Guetter, que também esteve no encontro em Nova York, propôs a Michael Nolan, diretor executivo do UN Global Cites, a instalação do Núcleo da Região Sul do Brasil do Programa Cidades do Pacto Global no Paraná, que deve ficar sob o comando do diretor Jurídico e de Relações Institucionais da Copel, Cristiano Hotz.

VANGUARDA – Segundo Keli, tanto o Paraná quanto o Brasil estão na vanguarda da implantação da agenda 2030, inciativa que tem o apoio da Organização das Nações Unidas e prevê o cumprimento de 17 ações que tem por objetivo ampliar e melhorar a qualidade de vida da população mundial.

A evolução na disseminação e engajamento de todos seus municípios paranaenses, com vistas à implantação da Agenda 2030 (ODS), será debatida em um evento que vai acontecer entre os dias 27 e 29 de novembro em Foz do Iguaçu. Nele estarão presentes representantes do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), dos governos federal, Estadual e municipais, além das entidades como a Itaipu, Associação dos Municípios do Paraná (AMP), Copel, Sanepar e Paranacidade.

Texto e foto: AE PR

Compartilhe: