Defesa Civil amplia gerenciamento remoto de desastres

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil ampliou a cobertura das salas de videoconferência para monitoramento remoto de desastres em mais quatro órgãos. Curitiba, 16/11'2017 Foto: Ricardo Almeida / ANPR

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil ampliou a cobertura das salas de videoconferência para monitoramento remoto de desastres em mais quatro órgãos.
Curitiba, 16/11’2017
Foto: Ricardo Almeida / ANPR

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil ampliou a cobertura das salas de videoconferência para monitoramento remoto de desastres. A partir de agora, mais quatro órgãos – o Simepar, o Comando Geral da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, o Gabinete de Gestão e Informação (GGI) e o Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastre (Ceped) – estão integrados ao sistema remoto de gerenciamento de desastres. Além delas o sistema foi ampliado também para as estruturas móveis da Defesa Civil.

Com a ampliação, o Estado passa a contar com 20 unidades integradas. Todas as regionais já utilizam o sistema que faz parte do Centro Estadual de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cegerd) inaugurado em abril deste ano.

De acordo com o chefe da Casa Militar e coordenador estadual de Proteção e Defesa Civil, coronel Élio de Oliveira Manoel, com as salas de videoconferência o tempo de respostas no caso de desastres naturais será menor. “É um sistema que permite a tomada de decisões mais rápidas e otimiza os recursos do Estado. Todos as unidades estão integradas e podemos nos reunir, mesmo remotamente, a qualquer hora do dia”, explicou.

Conforme o coordenador do Ceger, tenente Anderson Gomes das Neves, as salas equipadas com tecnologias audiovisuais podem ser usadas tanto para reuniões emergenciais em casos de desastres quanto para encontros estratégicos e administrativos. “Já utilizamos para treinamentos de Defesa Civil e atendimento de ocorrências graves. Agora todo o Estado está integrado e vamos conseguir dar uma resposta melhor à população nos momentos críticos de Defesa Civil”, afirmou.

O comandante-geral da PM, coronel Maurício Tortato, destacou que as salas nos Comandos da PM e do Corpo de Bombeiros estão disponíveis também para uso de todas as unidades das corporações. “As salas estão abertas para o uso de todos”, disse.

O investimento para ampliar a cobertura foi de R$ 163 mil e ao todo o Estado aplicou R$ 505 mil no sistema e estrutura física. (Texto e foto: AEN-PR)

Compartilhe: