Darci Piana apresenta planos de investimentos ao cônsul do Japão

Os planos de investimentos do Paraná para os próximos anos, que está aberto à participação de empresas internacionais, foi o assunto da reunião do vice-governador Darci Piana o cônsul-geral do Japão em Curitiba, Hajime Kimura. Piana recebeu o diplomata na segunda-feira (28), no Palácio Iguaçu, e ressaltou que o Estado busca parcerias internacionais para tirar do papel projetos de infraestrutura, incluindo um novo traçado ferroviário e concessões de rodovias e aeroportos.

Entre os projetos que terão concorrência internacional está a ampliação da área de concessão das rodovias do Estado. O governo estuda aumentar dos atuais 2,5 mil para 4,1 mil a quilometragem das estradas consorciadas.

Também está prevista a concessão de quatro aeroportos paranaenses: o do Bacacheri, em Curitiba, de Londrina, Foz do Iguaçu e o Aeroporto Internacional Afonso Pena. Já o novo traçado da Ferroeste pretende levar os trilhos da ferrovia até a fronteira com o Paraguai.

“Todos esses projetos estão abertos para investimentos estrangeiros. As empresas japonesas, com sua tecnologia de ponta, podem ser estratégicas para ajudar a tirá-los do papel”, afirmou o vice-governador. “O Paraná tem grande presença nipônica e uma relação comercial e cultural muito próxima com o Japão”, disse.

O cônsul afirmou que parte das 70 empresas japonesas instaladas no Brasil está aberta para investimentos em infraestrutura. “Entre elas está a Mitsui, que trabalha na construção da Supervia e do VRT, no Rio de Janeiro. Ela e outras companhias podem se interessar nos projetos do Paraná”, disse.

PARANÁ DAY

A prospecção de negócios internacionais é um dos focos do Governo do Estado, com o objetivo de gerar mais emprego e renda para os paranaenses. Na semana passada, o Estado promoveu a segunda edição do Paraná Day, evento voltado a embaixadores e empresários para ampliar a interlocução com investidores brasileiros e estrangeiros.

PARCERIAS

O Japão é um parceiro estratégico do Paraná, que é estado-irmão da província japonesa de Hyogo há quase 50 anos e tem uma comunidade nipônica bastante expressiva. Entre as parcerias desenvolvidas, destaca-se a instalação de um radar Banda X na sede do Simepar, em Curitiba, para reforçar o monitoramento meteorológico da Região Metropolitana.

O equipamento da empresa Japan Radio Company (JRC) foi cedido gratuitamente ao Estado, fruto de um acordo com a Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA). Com o radar, a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil pôde ampliar seu sistema de alertas de desastres, principalmente em situações de chuvas fortes e deslizamentos.

O cônsul-adjunto do Japão em Curitiba, Hiroshi Teramish, também acompanhou a reunião.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: