Consórcio Paraná Saúde ganha nova sede em Curitiba


O Governo do Estado repassou nesta terça-feira (13) R$ 11 milhões ao Consórcio Paraná Saúde, que é responsável pela assistência farmacêutica básica de quase todos os municípios paranaenses. O recurso corresponde à contrapartida estadual de aquisição de medicamentos e foi confirmado pelo secretário de Estado da Saúde, Antônio Carlos Nardi, durante a inauguração da nova sede do consórcio, em Curitiba.

Criado em 1999 para organizar a assistência farmacêutica em todo o Estado, a organização conta hoje com 397 municípios consorciados – apenas Curitiba e Foz do Iguaçu estão fora, sendo que este último deve se conveniar ainda neste ano.

O consórcio faz a compra centralizada dos medicamentos prioritários que são disponibilizados nas unidades básicas de saúde.

Somente no primeiro semestre de 2017, foram adquiridas cerca de 495 milhões unidades de medicamentos e materiais médico-hospitalares, a um custo de R$ 48,7 milhões, que é dividido pelos governos federal, estadual e municipais. As prefeituras economizam até 30% com a compra centralizada, se comparado à aquisição individual dos produtos.

LOGÍSTICA

Além do repasse de sua cota, o Governo do Estado também contribui com a distribuição dos lotes de medicamentos, por meio das 22 Regionais de Saúde. “A logística de recebimento, separação e distribuição é feita pelo Estado. Isso gira em torno de R$ 5 milhões por ano, que o governo investe para garantir a entrega sem desvio, o abastecimento e o armazenamento cuidadoso”, explicou Nardi. “Com isso temos, de fato, uma assistência farmacêutica de primeiro mundo no Paraná”, disse.

Luiz Claudio Costa, prefeito de Balsa Nova e presidente do consórcio, afirmou que o apoio do Estado nessa logística é fundamental. “O Governo do Estado tem uma participação fundamental na logística de distribuição e no apoio e acompanhamento da relação de remédios que são usados. A expertise das regionais é fundamental para que os produtos cheguem aos 397 municípios”, disse.

NOVO IMÓVEL

O consórcio investiu R$ 2,5 milhões na aquisição do imóvel de 360 metros quadrados, mais R$ 800 mil para reforma e compra do mobiliário. A nova sede está à disposição de todos os municípios que precisarem de um espaço para encontros e reuniões na Capital. Até então, o consórcio funcionava em um imóvel alugado.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: